Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

A 600 Graus Celsius (Cód: 466570)

Williams,Stanley

Objetiva

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 39,90
Cartão Saraiva R$ 37,91 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


A 600 Graus Celsius

R$39,90

Descrição

'A 600º C é um emocionante relato de uma tragédia pessoal, com informações preciosas sobre vulcanologia.'
(New York Times Review of Books)
Janeiro de 1993, o renomado vulcanólogo americano Stanley Williams e alguns dos maiores especialistas em vulcanologia do mundo estavam reunidos num congresso em Pasto, uma pequena cidade da Colômbia. O grupo de estudiosos encontrava-se no cume do vulcão Galeras - um dos mais perigosos do planeta - no momento em que ele entrou em erupção. Seis cientistas foram mortos instantaneamente.
Atingido por pedras incandescentes que alcançavam velocidade superior ao de uma bala, Stanley teve o crânio fraturado e a perna direita quase amputada, permanecendo imóvel, à beira da morte, até ser resgatado milagrosamente com vida para fora da cratera.
Numa narrativa de tirar o fôlego, como num bom livro de aventura, A 600º Célsius traz o relato, em primeira pessoa, dessa tragédia, revelando a fascinante e louca aventura dos que se dedicam à vulcanologia, explorando o profundo impacto dos vulcões na geografia e na história das civilizações.
O encontro de Stanley Williams com a morte é o pano de fundo dessa história real que mistura com maestria estudo científico e histórico. O leitor transita por 1.500 vulcões ativos atualmente, que representam uma ameaça real para 500 milhões de habitantes, visto que nenhum outro desastre natural tem efeitos globais tão devastadores quanto os das erupções vulcânicas.
A 600º Célsius também desfaz alguns mitos sobre o vulcanismo. Ao contrário do que se pensa, o maior perigo nas erupções não é a lava expelida pelos vulcões. O fenômeno vulcânico mais mortal e perigoso são os fluxos piroclásticos, nuvens que combinam elevado calor e cinzas sufocantes a velocidades que chegam a 150 Km/h, asfixiando e matando em poucos minutos. Segundo estatísticas, de 30% das vítimas das erupções morrem de fome e epidemias depois das explosões; 27% atingidos pela fumaça e fragmentos. As lavas são responsáveis por apenas 0,4% das mortes causadas por erupções.
Stanley divide sua existência em antes e depois do Galeras. Desde o acidente sofreu 16 cirurgias e ainda sente os efeitos da pancada na cabeça. Apesar disso, continua trabalhando em vulcões, inclusive voltou ao local da tragédia em 1994. Escrito em parceria com o jornalista Fen Montaigne, o livro é o resultado de dois anos de pesquisa e de 75 entrevistas com pessoas que de alguma forma tiveram ligação com o acidente.
Stanley Williams é professor de geologia da Universidade do Estado de Arizona. Fen Montaigne escreve para a revista National Geografic, é autor do livro Reeling in Rússia e foi finalista do premio Pulitzzer por seu trabalho de reportagem.

Características

Peso 0.50 Kg
Produto sob encomenda Sim
Editora Objetiva
I.S.B.N. 8573024224
Altura 0.00 cm
Largura 0.01 cm
Profundidade 0.00 cm
Número de Páginas 352
Idioma Português
Acabamento Brochura
Cód. Barras 9788573024227
Número da edição 1
País de Origem Brasil
AutorWilliams,Stanley