Artboard 33Artboard 16Artboard 18Artboard 13Artboard 42Artboard 21Artboard 4Artboard 5Artboard 45Artboard 22Artboard 7Artboard 42Artboard 23Artboard 17?Artboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32Artboard 6Artboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11Artboard 41Artboard 11Artboard 23Artboard 10Artboard 4Artboard 9Artboard 6Artboard 8Artboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44Artboard 16Artboard 24Artboard 13Artboard 5Artboard 24Artboard 31Artboard 1Artboard 12Artboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44Artboard 9Artboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35Artboard 15Artboard 14Artboard 50Artboard 26Artboard 14Artboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37Artboard 46Artboard 33Artboard 8

A Balada do Velho Marinheiro (Cód: 179770)

Coleridge,Samuel Taylor

Atelie

Este produto está temporariamente indisponível no site, mas não se preocupe, você pode reservá-lo para retirada em uma loja física!

Reserve seu produto na loja para retirada em até 1 hora.
Ops! Este produto está temporariamente indisponível. Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.
Ops! Este produto está temporariamente indisponível. Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 76,00

em até 2x de R$ 38,00 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 72,20 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 2x sem juros de


A Balada do Velho Marinheiro

R$76,00

Descrição

Coleridge abriu com as Baladas Líricas a grande estação do Romantismo inglês, matriz, por seu turno, de boa parte do imaginário romântico europeu. A rede simbólica desse momento inaugural da poesia moderna é traçada de fios díspares que a crítica ainda tenta desembaraçar. O fio principal parece vir do idealismo alemão, que deu à subjetividade a primazia no reino da criação, mas é na crítica elaborada pelos próprios poetas que devemos buscar a chave conceitual que abra a porta da melhor compreensão dos textos. É preciso lembrar que Coleridge é considerado um dos pais fundadores da crítica literária inglesa: a sua Biografia Literária, tão apreciada pelo 'new criticism' anglo-americano, é rica em conquistas conceituais, das quais a mais conhecida é a que distingue imaginação e fantasia. Não terá sido um dos menores méritos do ensaio de Alípio Correia de Franca Neto trazer ao leitor brasileiro de nosso dias o sumo da fortuna crítica de um dos poemas mais estudados da literatura inglesa, The Rime Of The Ancient Mariner. Mas como fim último de toda análise literária é reconduzir o amante da poesia à contemplação do objeto de seu amor, volto a fazer o convite inicial: vamos ler a balada de Coleridge amorosamente traduzida por Alípio Correia de Franca Neto.

Características

Peso 0.71 Kg
Produto sob encomenda Não
Editora Atelie
I.S.B.N. 8574802735
Altura 27.50 cm
Largura 20.50 cm
Profundidade 2.20 cm
Número de Páginas 324
Idioma Português
Acabamento Capa dura
Cód. Barras 9788574802732
Número da edição 237
Ano da edição 2005
AutorColeridge,Samuel Taylor