Frete Grátis
  • Google Plus

A Consideração Dos Ausentes À Deliberação Ambiental (Cód: 6524757)

Souza, Leonardo da Rocha de

Lumen Juris

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 80,00 em até 2x de R$ 40,00 sem juros
Cartão Saraiva R$ 76,00 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 4x de R$ 20,00 sem juros
Grátis

Cartão Saraiva
Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto
?

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 18:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

Formas de envio Custo Entrega estimada
X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

A ética do discurso de Jürgen Habermas indica, como requisito para o discurso ideal, que todos os afetados pela norma devem dar seu consentimento sobre o conteúdo da deliberação. Aplicando esse princípio do discurso à matéria ambiental, percebemos que ela atinge um número incontável de pessoas e seres, separados daqueles que estão deliberando por questões relativas à geografia, ao tempo, à cultura, à classe social e à espécie. O propósito deste livro, ciente da extensão da matéria ambiental, é demonstrar a necessidade de reconhecer os interesses daqueles que estão ausentes à deliberação, identificando quem são e de que forma são atingidos, bem como os motivos que levariam os presentes à deliberação a considerá-los. Veremos que o reconhecimento dos ausentes à deliberação é exigência de uma sociedade complexa, marcada pela diversidade de modos de vida e de pontos de vista. Podemos identificar esses ausentes em cinco grupos: culturas, classes sociais, nações, futuras gerações e natureza. Ao identificar e atender aos interesses desses grupos chegaremos, em relação ao tratamento da matéria ambiental, a concepções multiculturais, justas, cosmopolitas, de solidariedade intergeracional e policêntricas. Os presentes à deliberação ambiental chegarão a essas concepções, considerando os ausentes, incentivados por um ou mais dos seguintes motivos: o medo das consequências ambientais e das sanções; as vantagens e as desvantagens econômico-financeiras; a pressão exercida por organizações e outros atores internacionais; os compromissos firmados em tratados e declarações internacionais; ou por meio da formação de uma nova racionalidade ambiental. O ideal é que essa nova racionalidade ambiental seja formada nos presentes à deliberação de forma que considerem os interesses dos ausentes não por uma influência externa ou egoísta, mas sim por valorizar os destinatários das decisões tomadas na deliberação ambiental.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Lumen Juris
Cód. Barras 9788537523285
Altura 23.00 cm
I.S.B.N. 9788537523285
Profundidade 1.20 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2013
Idioma Português
Número de Páginas 228
Peso 0.37 Kg
Largura 16.00 cm
AutorSouza, Leonardo da Rocha de

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: A Consideração Dos Ausentes À Deliberação Ambiental

A Consideração Dos Ausentes À Deliberação Ambiental (Cód: 6524757) A Consideração Dos Ausentes À Deliberação Amb... (Cód: 6524757)
R$ 80,00
A Consideração Dos Ausentes À Deliberação Ambiental (Cód: 6524757) A Consideração Dos Ausentes À Deliberação Amb... (Cód: 6524757)
R$ 80,00