Frete Grátis
  • Google Plus

A Dimensão Constitucional do Patrimônio Cultural (Cód: 4072312)

Costa,Rodrigo Vieira

Lumen Juris

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 50,00
Cartão Saraiva R$ 47,50 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 2x de R$ 25,00 sem juros
Grátis

Cartão Saraiva
Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto
?

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 18:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

Formas de envio Custo Entrega estimada
X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

A inovação de perspectivas propiciada pelo conteúdo deste livro tem dois lastros principais: os valores emanados da Constituição Federal e o reconhecimento da existência de uma nova disciplina jurídica, a dos Direitos Culturais. A viga constitucional é aquela na qual se ampara o democrata para bradar que a proteção do patrimônio cultural é importantíssima, sim, mas não pode mais ser definida por atávicos critérios aristocráticos, possuindo, agora, balizas como 'colaboração da comunidade', 'pluralismo', 'tangível-intangível', 'estado democrático de direito', além de outras, na mesma linha. A coluna dos Direitos Culturais é recém construída, seu cimento ainda está novo, permitindo adaptações, mas já é suficientemente forte para suportar aquilo a que se propõe: a disciplina da normatividade jurídica relacionada com artes, memória e saberes essencialmente difusos. É disciplina de principiologia própria, por óbvio, que inexoravelmente agrega os valores constitucionais e legais a si específicos. Sobre estas bases, lugares-comuns no estatuto dos mecanismos de proteção do patrimônio cultural desmoronam; fica vazio, por exemplo, o debate sobre a natureza jurídica do tombamento, cuja utilidade se resume ao acréscimo de algumas linhas nos escritos de quem o alimenta, quando percebido que se trata de um instituto dos direitos culturais, e não mais do direito administrativo, como enviesadamente se tem entendido. Convicções dogmatizadas ficam estremecidas, como a que o Chefe do Poder Executivo pode, sozinho e ao seu alvedrio, tombar ou 'destombar' bens do patrimônio cultural, quer seja porque lhe falta competência constitucional, quer seja pelo privilegiamento da decisão plural, democrática, em que devem ser cúmplices a Sociedade e o Estado.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Lumen Juris
Cód. Barras 9788537511091
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788537511091
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2012
Idioma Português
Número de Páginas 196
Peso 0.25 Kg
Largura 14.00 cm
AutorCosta,Rodrigo Vieira

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: A Dimensão Constitucional do Patrimônio Cultural

A Dimensão Constitucional do Patrimônio Cultural (Cód: 4072312) A Dimensão Constitucional do Patrimônio Cultural (Cód: 4072312)
R$ 50,00
A Dimensão Constitucional do Patrimônio Cultural (Cód: 4072312) A Dimensão Constitucional do Patrimônio Cultural (Cód: 4072312)
R$ 50,00