Frete Grátis
  • Google Plus

A Era da Delegação Das Responsabilidades (Cód: 9189065)

Cunha Moura,João Carlos Da

Lumen Juris

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 70,00 em até 2x de R$ 35,00 sem juros
Cartão Saraiva R$ 66,50 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 3x de R$ 23,33 sem juros
Grátis

Cartão Saraiva
Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto
?

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 18:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

Formas de envio Custo Entrega estimada
X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

Não é novidade a incumbência de encargos a sujeitos criados e instituídos nas sociedades. As demandas, particulares ou não, determinam-se pela procura de um ente ou indivíduo no qual se possa elevar toda a carga de autoria e/ou culpa. O tema, no entanto, não se dá de maneira retilínea: como é naturalizada essa entrega de responsabilidades pela própria sociedade, as pessoas acabam se apoiando nesse modelo de atuação tomado legitimo como única forma de resolução de conflitos políticos e particulares. É necessário considerar a relação sujeito e objeto da pesquisa, pois, muitas vezes, estes se confundem no decorrer histórico e social. A dificuldade, então, não se nos encontra próprios fenômenos como algo dado e existentes por si mesmos, mas na identificação de estruturas e relações que os instituem. Logo, a premissa de análise não deve partir de um sujeito a outro em mera conversação em via única. É preciso avaliar as relações que se mantém e não apenas o conflito ou a demanda como fenômenos suspensos. Na alocação de subjetividades de maneira fixa, as formas políticas e jurídicas localizam um jogo institucional demarcado com papeis pré-concebidos e que determinam uma delegação das responsabilidades, na qual se destaca o “outro” como o responsável pelas consequências de atos ou fatos que se refletem na sociedade. Esta distinção perpassa pela formação de um “eu” e de um “outro” na sociedade. O “eu” e o “outro” são os espaços primeiros de atuação e percepção sociais. Um “eu” é percebido como tudo aquilo que pode ser assimilado como universal, garantidor das similitudes dos sujeitos, podendo inclusive ser coletivo. Já um “outro” é a percepção de diferenças entre os sujeitos.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Lumen Juris
Cód. Barras 9788584402908
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788584402908
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2015
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 229
Peso 0.28 Kg
Largura 14.00 cm
AutorCunha Moura,João Carlos Da

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: A Era da Delegação Das Responsabilidades

A Era da Delegação Das Responsabilidades (Cód: 9189065) A Era da Delegação Das Responsabilidades (Cód: 9189065)
R$ 70,00
A Era da Delegação Das Responsabilidades (Cód: 9189065) A Era da Delegação Das Responsabilidades (Cód: 9189065)
R$ 70,00