Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
  • Google Plus

A Lebre da Patagônia (Cód: 3532379)

Lanzmann, Claude

Companhia Das Letras

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 69,90 em até 2x de R$ 34,95 sem juros
Cartão Saraiva R$ 66,41 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 3x de R$ 23,30 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 2x sem juros de R$ 0,00


A Lebre da Patagônia

R$69,90

Descrição

Diretor de Shoah, documentário que representou para a história do Holocausto no cinema o que a obra de Primo Levi significou para a literatura, Claude Lanzmann é herdeiro de uma nobre linhagem de intelectuais franceses para quem o pensamento, a ação, a rebeldia e mesmo a sexualidade sempre ocuparam a mesma órbita. Como Sartre e Simone de Beauvoir (de quem foi amante), Lanzmann tem uma trajetória calcada na insatisfação e na busca permanente pela honestidade intelectual. Escrito com punch romanesco, A lebre da Patagônia apresenta um intelectual sui generis: o mesmo sujeito que se diz dado a peripécias (pilotou aviões, escalou montanhas, foi dos poucos ocidentais a conseguir penetrar na Coreia do Norte), em seguida declara candidamente que a coragem e a covardia são os eixos de sua vida. Por isso, são especialmente elucidativos os capítulos sobre o intrincado processo, repleto de aventuras, fracassos e até farsas, de filmagem de seu famoso documentário, obra que consumiu dez anos e que ainda o assombra. Narrativa extraordinária de um percurso inconformista, A lebre da Patagônia é o autoexame profundo (e paradoxalmente muito pouco nostálgico) de um homem que sempre fez questão de habitar o seu próprio tempo.

Características

Produto sob encomenda Sim
Editora Companhia Das Letras
Cód. Barras 9788535918779
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788535918779
Profundidade 2.50 cm
Acabamento Brochura
Tradutor Eduardo Brandão e Dorothée de Bruchard
Número da edição 1
Ano da edição 2011
Idioma Português
Número de Páginas 456
Peso 0.56 Kg
Largura 14.00 cm
AutorLanzmann, Claude

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: A Lebre da Patagônia