Frete Grátis
  • Google Plus

A Moça de Copenhague (Cód: 101007)

Ebershoff,David

Rocco

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 43,00
Cartão Saraiva R$ 40,85 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 2x de R$ 21,50 sem juros
Grátis

Cartão Saraiva

Descrição

Greta precisava finalizar o retrato da mezzo-soprano Anna Fonsmark, que acabara de cancelar a sessão por causa de um ensaio. Ela então pediu ao marido Einar Wegener um pequeno favor. Era uma tarde fria em Copenhague, devido ao vento que soprava do Báltico, e os dois pintavam no ateliê do apartamento da Casa da Viúva. ´Preciso de um par de pernas... E pensei comigo mesma que as suas talvez servissem... Você se incomoda de vestir as meias dela? E os sapatos?´, perguntou. Assustado e excitado ao mesmo tempo... Einar, depois de rogar por segredo, relaxou e começou a puxar a meia por cima da panturrilha. Nesse dia, ano de 1925, nascia Lili Elba, uma espécie de alter ego feminino do pintor. O que começou como mera brincadeira, acabou se tornando uma rotina para o casal, e ele passa a se vestir cada vez mais como Lili, por quem Greta se vê estranhamente atraída.
Inspirado na história real do pintor dinamarquês Einar Wegener e sua esposa, David Ebershoff escreveu uma obra de ficção, como define em nota no final do livro. ´Escrevi o romance a fim de explorar o espaço íntimo que definia esse casamento incomum. Estas páginas contêm alguns fatos importantes acerca da transformação de Einar, mas os detalhes da história são invenções da minha imaginação´, afirma Ebershoff.
A pintura de Greta floresce tendo Lili por musa. Seu trabalho chama a atenção de um conceituado marchand francês, e o casal se muda para Paris. Na permissiva atmosfera do entre guerras, Lili sente-se liberada, tornando-se progressivamente o par de Greta em suas aparições públicas. À medida que Einar desaparece da lembrança, eles percebem que uma escolha terá de ser feita. Greta conhece um cirurgião na Clínica Municipal Feminina de Dresden disposto a tentar uma operação para mudança de sexo. Einar vai à Alemanha para se tornar, de uma vez por todas, Lili Elba.
A moça de Copenhague retrata uma quase esquecida história de amor entre um homem, que descobre sua verdadeira sexualidade, e uma mulher disposta a se sacrificar por ele, tendo como pano de fundo o glamour e a decadência da Europa da década de 1920. Trama ousada, inquietante, narrada com elegância e sutileza únicas.

Características

Produto sob encomenda Sim
Editora Rocco
Cód. Barras 9788532513618
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 8532513611
Profundidade 1.06 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2002
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 332
Peso 0.31 Kg
Largura 14.00 cm
AutorEbershoff,David

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: A Moça de Copenhague