Frete Grátis
  • Google Plus

A Relação Malária-Saúde Bucal de Gestantes na Amazônia (Cód: 9128411)

Salles,Heli Da Silva Araújo

Heli Da Silva Araújo Salles

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 35,00
Cartão Saraiva R$ 33,25 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


A Relação Malária-Saúde Bucal de Gestantes na Amazônia

R$35,00

Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto
?

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X
Formas de envio Custo Entrega estimada

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 15:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

A obra apresenta para o público em geral uma relação nunca observada entre malária e saúde bucal. São duas questões de saúde pública que rotineiramente devem ser avaliadas com grande cuidado na Amazônia. A malária afeta grande parte de pessoas nas comunidades mais carentes e distantes dos grandes centros. Na ilha do Marajó, a saúde bucal vem sendo tratada com descaso para grupos específicos e grupos de riscos como gestantes. É significativo apresentarmos mais uma temática de discussão para a saúde quando abordamos a saúde bucal de gestantes com malária na Amazônia. A disponibilidade dos agentes de infecção em Anajás para Malária coloca em risco à saúde geral dessas pacientes e afetam diretamente as condições de saúde bucal. A malária é uma doença de grande importância endêmica na Amazônia. A cidade de Anajás é considerada um dos municípios com maior prevalência de malária do Estado do Pará. É uma doença grave, responsável por muitas mortes e com sintomatologia aguda que contribui para o estado de morbidade e prostração, dificultando a higiene oral. Atinge todas as faixas etárias, onde a população de Gestantes está dentro desse universo. A pesquisa aponta significância para risco de cárie e necessidade de tratamento para gestantes com malária e não evidencia significância e necessidade de tratamento para doença periodontal. Aponta para alterações no paladar, xerostomia de gestantes com malária e mulheres que fazem uso de medicação antimalárica. Evidencia o grave problema social e de saúde pública que contribui diretamente para a condição de higiene oral da população pesquisada.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Heli Da Silva Araújo Salles
Cód. Barras 9788568154281
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788568154281
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2015
Idioma Português
Número de Páginas 82
Peso 0.44 Kg
Largura 14.00 cm
AutorSalles,Heli Da Silva Araújo

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: A Relação Malária-Saúde Bucal de Gestantes na Amazônia