Frete Grátis
  • Google Plus

A Tragicomédia da Medicalização - a Psiquiatria e a Morte do Sujeito (Cód: 4052552)

José Ramos Coelho

Sapiens Editora

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 30,00
Cartão Saraiva R$ 28,50 (-5%) em até 1x no cartão
Grátis

Cartão Saraiva

Descrição

Após analisar a forma como os psiquiatras atuam em nossos dias, o filósofo e terapeuta holístico José Ramos Coelho empreende neste livro uma cruzada quixotesca contra a medicalização da existência, enfatizando os malefícios e riscos do uso de psicofármacos para aqueles que buscam o autoconhecimento e a autotransformação. O autor retoma a crítica de Ivan Illich à medicina e, deslocando-a para a psiquiatria, procura - à semelhança de Nietzsche -, contextualizar as práticas médico-psiquiátricas contemporâneas numa perspectiva filosófica mais ampla, tomando os gregos clássicos como modelo. A proposta da medicalização da vida é tirar de cena a tragédia da existência, substituindo-a pela tragédia da morte do sujeito, expropriado em sua liberdade e autonomia. A ela se opõe a proposta da estética da existência, defendida por Ramos, que conclama o indivíduo a assumir tudo aquilo que o constitui e o caracteriza como ser humano criativo, sensível e único.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Sapiens Editora
Cód. Barras 9788565567008
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788565567008
Profundidade 1.20 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2012
Idioma Português
Número de Páginas 148
Peso 0.23 Kg
Largura 14.00 cm
AutorJosé Ramos Coelho

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: A Tragicomédia da Medicalização - a Psiquiatria e a Morte do Sujeito