Frete Grátis
  • Google Plus

A Vida Em Comum – Ensaio de Antropologia Geral (Cód: 7565107)

Todorov,Tzvetan

Unesp

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 46,00
Cartão Saraiva R$ 43,70 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 2x de R$ 23,00 sem juros
Grátis

Cartão Saraiva
Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto
?

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 18:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

Formas de envio Custo Entrega estimada
X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

Neste ensaio, que integra a Coleção Todorov, o filósofo búlgaro percorre um único domínio do vasto campo da Antropologia para estudar o ser humano a partir de um ângulo incomum. Ele busca compreender não o lugar que o homem ocupa na sociedade, mas, ao contrário, o lugar que a sociedade ocupa no homem: “Em que consiste, para o indivíduo, a exigência de conhecer apenas uma vida em comum?”.Todorov almeja melhor compreensão do objetivo da existência humana. E demonstra que é preciso ir além do que se percebe a partir de concepções correntes (e antagônicas), carregadas de conceitos antropológicos subjacentes. Tais concepções induzem a pensar que o objetivo da existência humana é o desenvolvimento do indivíduo, a realização de si ou o progresso da sociedade, ainda que este implique em sacrifício de certas vantagens do indivíduo. Para Todorov, estas duas versões do ideal humano participam de uma mesma concepção do homem, que o representa em antagonismo com seu meio social, tornando necessário escolher: o indivíduo ou a sociedade. Ele professa, porém, que “o si mesmo” existe apenas na e por sua relação com os outros e “intensificar a troca social significa intensificar o si mesmo”: “Tomar consciência de que o objetivo do desejo humano não é o prazer, mas a relação entre os homens, pode, ao mesmo tempo, nos permitir reconciliar-nos com situações que pareceriam insatisfatórias sob outros critérios e agir de forma a melhorar a vida da sociedade de modo duradouro e geral”. Interessado especialmente em Rousseau – para quem a vida em sociedade é uma vocação humana, embora, em aparente contradição, ele vivesse solitário –, Todorov dialoga nesta obra compensadores de várias épocas, como Montaigne, Kant, Nietzsche, La Rochefoucauld e Freud. Ele recorre ainda, “mais do que habitualmente”, à literatura: “As verdades desagradáveis – para o gênero humano ao qual pertencemos, ou para nós mesmos – têm maiores possibilidades de conseguir exprimir-se em uma obra literária do que em uma obra filosófica ou científica”.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Unesp
Cód. Barras 9788539305063
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788539305063
Profundidade 1.03 cm
Acabamento Brochura
Tradutor Maria Angélica Deângeli / Norma Wimmer
Número da edição 1
Ano da edição 2014
Idioma Português
Número de Páginas 224
Peso 0.28 Kg
Largura 14.00 cm
AutorTodorov,Tzvetan

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: A Vida Em Comum – Ensaio de Antropologia Geral

A Vida Em Comum – Ensaio de Antropologia Geral (Cód: 7565107) A Vida Em Comum – Ensaio de Antropologia Geral (Cód: 7565107)
R$ 46,00
A Vida Em Comum – Ensaio de Antropologia Geral (Cód: 7565107) A Vida Em Comum – Ensaio de Antropologia Geral (Cód: 7565107)
R$ 46,00