Frete Grátis
  • Google Plus

A Visão Binocular Dos Guarani Mbya - Ortóptica, Oralidade e Letramento (Cód: 9253932)

Secin,Viviam Kazue Andó Vianna

Appris

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 36,00
Cartão Saraiva R$ 34,20 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


A Visão Binocular Dos Guarani Mbya - Ortóptica, Oralidade e Letramento

R$36,00

Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto
?

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X
Formas de envio Custo Entrega estimada

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 15:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

Alfabetizar índios em língua materna corrigiu uma distorção secular de se ensinar alguém a ler uma língua que não fala. Agora, Viviam Secin nos chama a atenção para outra questão: a diversidade visual.
A leitura exige um controle binocular hiperespecializado, e a autora, que é doutora em educação e ortoptista, estudou a diversidade do olhar. Pesquisou índios de cultura predominantemente oral e universitários não indígenas de cultura predominantemente letrada. Observou que o primeiro grupo empregava mais o campo binocular periférico, enquanto o segundo usava predominantemente o campo binocular central.
Essa diferença visual que impacta quem sai do mundo da oralidade para o da escrita é por muitos considerada uma deficiência, mas Viviam Secin suspeitou da interferência de fatores ambientais e culturais no processo de desenvolvimento visual.
Buscou e encontrou evidências demonstrando que as condições visuais são determinadas não apenas por fatores inatos, mas pela cultura e pela história. Quem é capaz de ler a floresta tem um olhar diferente de quem foi treinado para ler livros, e vice-versa. Não há uma fisiologia binocular 'normal' ou 'universal', sendo as diversidades visuais diferenças culturalmente possíveis.
As conclusões da autora podem contribuir decisivamente para a formulação de políticas públicas e para o planejamento de escolarização indígena e de indivíduos do meio rural, pelo desenvolvimento de estratégias de aprestamento visuais que facilitem 'a transição de outros modos ecológicos de ver para o modo de ver necessário à cultura escrita'.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Appris
Cód. Barras 9788581929583
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788581929583
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2015
Idioma Português
Número de Páginas 167
Peso 0.18 Kg
Largura 14.80 cm
AutorSecin,Viviam Kazue Andó Vianna

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: A Visão Binocular Dos Guarani Mbya - Ortóptica, Oralidade e Letramento