Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
  • Google Plus

A Vontade e a Fortuna (Cód: 2655910)

Fuentes, Carlos

Rocco

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 54,00
Cartão Saraiva R$ 51,30 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 2x de R$ 27,00 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


A Vontade e a Fortuna

R$54,00

Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X
Formas de envio Custo Entrega estimada

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 15:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

Como Caim e Abel, dois irmãos confrontam-se pelo amor do pai, o homem mais poderoso do país. Este é o mote de A vontade e a fortuna, romance no qual Carlos Fuentes retorna às raízes e faz uma alegoria do México, corrupto e contraditório, moderno e mítico. Enquanto explora as diversas nuances do conceito de liberdade e vontade na atualidade, o escritor mostra que, contraditoriamente, a democracia mexicana nunca foi tão forte e seu governante nunca foi tão fraco, e que no México não há tragédia porque toda história se transforma numa tragicômica telenovela. Publicado em espanhol em 2008, ano em que completou 80 anos de idade, Fuentes disseca, neste livro que já nasce clássico, as relações de poder no México contemporâneo pelo olhar dos protagonistas, Josué e Jericó.

Numa praia do litoral mexicano voltado para o Oceano Pacífico, a cabeça decapitada do jovem advogado Josué Nadal se confunde com a areia, e seu dono, numa tentativa pós-morte de entender o que o levou até este trágico fim, volta no tempo, numa reconstituição de sua breve história. É ele quem recupera, postumamente, a infância sem pais, marcada pela profunda amizade com Jericó, um colega de escola; passando por seu estranho relacionamento com Miguel Aparecido, um criminoso que cumpriu sua pena, mas insiste em continuar preso, até sua atuação nos altos escalões do poder político e econômico do México.

Nadal é um menino solitário, deslocado, que descobre na pessoa de Jericó um companheiro e um irmão, depois que este o defende do valentão da escola. Jericó até então é seu único relacionamento, seu único elo com o afeto, já que Josué cresceu sem conhecer o amor dos pais. Sua tutora e protetora – e também carrasca – Maria Egipciaca, ele descobre ser mais tarde apenas a funcionária de alguém misterioso, designada para cuidar dele. O tal “fantasma”, que não aparece para o garoto mas providencia para que nada lhe falte, é o grande enigma da vida de Josué, cuja relação com Jericó fica mais intensa a medida que eles crescem. Do pacto proposto por Jericó, ambos dividirão tudo, de conhecimentos a mulheres.

No entanto, Jericó divide tudo, menos o principal: sua intimidade. Josué nada sabe, de fato, da vida do amigo, nem mesmo seu sobrenome. A dúvida dá lugar a distância – que só aumenta quando Jericó viaja para um intercâmbio na França. Anos de afastamento permitem a Josué um pouco de independência e seu coração dá lugar a outros amores, como o de Lucha Zapata.

O afastamento também permite que Josué trilhe seu próprio caminho. Estudante de Direito, Josué tem acesso à prisão como parte de sua tese sobre Nicolau Maquiavel e o Estado contemporâneo. É lá que conhece Miguel Aparecido, homem que cumpriu sua pena, mas insiste em permanecer preso sem justificativa aparente. Miguel prefere construir seu reino atrás das grades, onde tem o controle de toda a massa carcerária. Intrigado, Josué se fascina com o homem e ambos criam um estranho laço de amizade.

O retorno de Jericó traz de volta as dúvidas que Josué sempre teve em relação ao amigo. Da França, ele traz, estranhamente, expressões e gostos da cultura pop americana. Ele esteve mesmo lá? Ou foi mais um dos mexicanos que se arriscou a atravessar a fronteira para ganhar a vida nos Estados Unidos? Apesar dos laços fortes que sempre os ligaram – ambos eram solitários, sem pais conhecidos, inteligentes acima da média – e com uma vontade revolucionária de mudar o mundo –, Jericó nunca honrou as regras que criou e sempre manteve uma aura de mistério a sua volta.

Designado a trabalhar com o presidente da República, Jericó leva Josué aos extremos do poder, no qual ele tem a oportunidade de acompanhar o relacionamento entre os dois mais poderosos homens do México. O comportamento misterioso de Jericó – que se mantém inclusive em seus propósitos políticos na presidência do México –, leva a dupla a uma crise: apesar de não honrar suas próprias regras, Jericó exige fidelidade do amigo e que ele divida tudo, despertando uma sequência de eventos que vão levar Josué a ligar os pontos de seu passado e a seu trágico futuro.

Fuentes cria com A vontade a fortuna um clássico contemporâneo, no qual usa os axiomas que regem o maquiavélico corpo político – e que dão nome ao livro, para definir as relações de poder no México.

Características

Produto sob encomenda Sim
Editora Rocco
Cód. Barras 9788532524430
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788532524430
Profundidade 0.00 cm
Acabamento Brochura
Tradutor Carlos Nougué
Número da edição 1
Ano da edição 2009
MÊS JULHO
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 448
Peso 0.44 Kg
Largura 14.00 cm
AutorFuentes, Carlos

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: A Vontade e a Fortuna