Frete Grátis
  • Google Plus

Acionistas do Nada - Quem São os Traficantes de Drogas (Cód: 1997127)

Zaccone,Orlando

Revan

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 30,00
Cartão Saraiva R$ 28,50 (-5%) em até 1x no cartão
Grátis

Cartão Saraiva
Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto
?

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 18:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

Formas de envio Custo Entrega estimada
X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

'Acionistas do Nada' é um trabalho desenvolvido no campo da criminologia crítica, no qual se descreve o processo seletivo das pessoas presas e condenadas pelas condutas descritas como tráfico de drogas, bem como a verdadeira função social exercida, no capitalismo tardio, por meio da declaração de guerra ao comércio dessas substâncias proibidas. Com fundamento nas teorias da reação social, que demonstram o processo de rotulação e etiquetamento dos candidatos pré-selecionados para responderem por esse delito, o trabalho apresenta as histórias revisionistas, que evidenciam a relação do sistema penal com a ordem econômica e social, descontruindo o discurso legitimante, que até hoje considera o direito penal como uma evolução da barbárie à civilização. O estudo histórico da proibição das substâncias psicoativas é outra característica da obra, indicando importantes aspectos políticos e de interesses econômicos, quase sempre ocultos no trato das políticas repressivas. Muitas das vezes, a proibição destas substâncias teve por fim o exercício do controle social de determinados grupos considerados como potencialmente perigosos. As novas relações estabelecidas pela sociedade pós-industrial acabam por revelar a função de controle social repressivo, efetivada a partir de políticas de encarceramento dos setores mais débeis no negócio das drogas ilícitas, e presente no atual modelo de proibição. A criminalização dos pobres é a marca da seletividade punitiva no tráfico de drogas, um dos delitos que mais contribui para o encarceramento na cidade do Rio de Janeiro. Antes de se traduzir em verdadeiro fracasso, a atual política bélica de repressão às drogas ilícitas é vitoriosa na efetivação da sua verdadeira missão: punir os pobres, segregando os estranhos da era do consumo. Por tudo isso, se faz urgente a contenção da violência seletiva por meio de novas políticas criminais voltadas para a redução de danos não apenas para o usuário, bem como para o traficante, com mudanças profundas no atual modelo repressivo.

Características

Produto sob encomenda Sim
Editora Revan
Cód. Barras 9788571063631
Altura 0.00 cm
I.S.B.N. 9788571063631
Profundidade 0.00 cm
Número da edição 1
Ano da edição 2007
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 140
Peso 0.44 Kg
Largura 0.00 cm
AutorZaccone,Orlando

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Acionistas do Nada - Quem São os Traficantes de Drogas

Acionistas do Nada - Quem São os Traficantes de Drogas (Cód: 1997127) Acionistas do Nada - Quem São os Traficantes de D... (Cód: 1997127)
R$ 30,00
Acionistas do Nada - Quem São os Traficantes de Drogas (Cód: 1997127) Acionistas do Nada - Quem São os Traficantes de D... (Cód: 1997127)
R$ 30,00