Frete Grátis
  • Google Plus

Advocacia Criminal - Direito de Defesa, Ética e Prerrogativas (Cód: 8182608)

Mirza,Flávio; Malan,Diogo

Lumen Juris

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 120,00 em até 4x de R$ 30,00 sem juros
Cartão Saraiva R$ 114,00 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 6x de R$ 20,00 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 4x sem juros de R$ 0,00


Advocacia Criminal - Direito de Defesa, Ética e Prerrogativas

R$120,00

Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto
?

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X
Formas de envio Custo Entrega estimada

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 15:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

O objetivo da presente publicação é comemorar os quatro lustros de vigência no País do estatuto da Advocacia e da Ordem dos Advogados do Brasil (Lei nº. 8.906/94).
Tal iniciativa se revela oportuna quando se constata que hodiernamente viceja caldo cultural de fetichização do poder punitivo estatal, que constitui a principal, senão a única, referência do discurso midiático de massa.
Uma das consequências desse fenômeno é tentativa de atropelo do direito de defesa do cidadão contribuinte pelo avanço do Estado de Polícia, pautado pelos critérios seletivos da mídia.
A política criminal de emasculação do sobredito direito, frequentemente exercida durante o regime ditatorial de 1964 pela prisão de Advogados de presos políticos 2, ressurge na atualidade, em meio à histeria punitiva da sociedade de controle.
Exemplos dessa política criminal cruenta são as reiteradas tentativas de atribuição da autoria de crime de lavagem de bens e capitais a Advogados criminalistas em decorrência da cobrança de seus legítimos honorários profissionais, além de diversos Projetos de Lei que almejam: (i) impor aos acusados de crimes graves a defesa técnica dativa; (ii) atribuir a autoria do crime de apropriação indébita qualificada aos Advogados que percebem honorários advocatícios provenientes de atos ilícitos; (iii) proibir a entrevista pessoal e reservada entre o preso acusado de pertencer a organização criminosa e o seu Advogado, e instituir a possibilidade de interceptação da comunicação entre eles etc.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Lumen Juris
Cód. Barras 9788584400393
Altura 23.00 cm
I.S.B.N. 9788584400393
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2014
Idioma Português
Número de Páginas 381
Peso 0.56 Kg
Largura 16.00 cm
AutorMirza,Flávio; Malan,Diogo

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Advocacia Criminal - Direito de Defesa, Ética e Prerrogativas