Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 42 Artboard 21 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 42 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 23 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 6 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 43 Artboard 44 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 46 Artboard 8

Alguns Poemas (Cód: 1573566)

Dickinson,Emily

Iluminuras

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 56,00

em até 1x de R$ 56,00 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 53,20 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


Alguns Poemas

R$56,00

Descrição

Emily Dickinson (1830-1886) nasceu, viveu e morreu na pequena cidade de Amherst, Perto de Boston, numa das regiões de tradição mais conservadora dos Estados Unidos do século XIX, e passou os últimos vinte anos em completa reclusão. Ao arrumar o quarto de Emily depois que ela morreu, sua irmã Lavinia encontrou uma gaveta cheia de pápeis em desordem. Eram dezenas de fascículos costurados e folhas soltas com uma grande quantidade de poemas, dos quais apenas dez haviam sido publicados, anonimamente e por iniciativa de terceiros, em periódicos regionais. Disposta a divulgar a obra da irmã, cuja magnitude até então desconhecia, Lavinia entrou em contato com Thomas higginson, influente crítico literário da época (hoje lembrado apenas por sua associação com a obra de Dickinson), que durante trinta anos renegou todos os versos que Emily lhe submetera, e uma obscura escritura, Mebel todd, que por cinco anos havia frequëntado a sua casa sem nunca chegar sequer a vê-la. Dessa parceria pouco promissora surgiu a publicação póstuma de um volume de poemas, seguida em pouco tempo de outras duas edições aumentadas, em vista da inesperada acolhida. Daí em diante a obra poética de Emily Dickinson, composta de quase 1.800 poemas, passou a ser reverenciada por uma crescente legião de leitores fiéis e críticos exigentes. Este livro, que registra a passagem dos 120 anos de sua morte, reúne 245 traduções, entre as quais, pela primeira vez, a de todos os “poemas do Brasil” (quatro poemas nos quais ela se refere ao nosso país). É a mais extensa coletânea já publicada entre nós da obra desta que é hoje considerada uma das maiores expressões poéticas de língua inglesa de todos os tempos e que ocupa um merecido lugar no cânon literário universal. Carlos Daghlian

Características

Peso 0.51 Kg
Produto sob encomenda Não
Editora Iluminuras
I.S.B.N. 8573212543
Altura 23.00 cm
Largura 16.00 cm
Profundidade 2.00 cm
Número de Páginas 318
Idioma Português
Acabamento Brochura
Cód. Barras 9798573212548
Número da edição 1
Ano da edição 2006
País de Origem Brasil
AutorDickinson,Emily