Artboard 33Artboard 16Artboard 18Artboard 13Artboard 42Artboard 21Artboard 4Artboard 5Artboard 45Artboard 22Artboard 7Artboard 42Artboard 23Artboard 17?Artboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32Artboard 6Artboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11Artboard 41Artboard 11Artboard 23Artboard 10Artboard 4Artboard 9Artboard 6Artboard 8Artboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44Artboard 16Artboard 24Artboard 13Artboard 5Artboard 24Artboard 31Artboard 1Artboard 12Artboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44Artboard 9Artboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35Artboard 15Artboard 14Artboard 50Artboard 26Artboard 14Artboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37Artboard 46Artboard 33Artboard 8
e-book

Alimentar a cidade (Cód: 9321581)

Graham,Richard; Berilo Vargas

Companhia Das Letras (Edi??o Digital)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 39,50

em até 1x de R$ 39,50 sem juros

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


Alimentar a cidade

R$39,50

Descrição

A cidade de Salvador era, no fim do século XVIII, um dos portos mais importantes do hemisfério e o maior núcleo urbano da América do Sul. Essencial para o comércio entre Europa, África e América, Salvador foi, do século XVI até 1850, um dos principais pontos de entrada de escravos africanos no Novo Mundo. A partir de uma perspectiva instigante e inovadora — a história do abastecimento da cidade —, o brasilianista Richard Graham analisa, com um misto de erudição e verve narrativa, um momento crucial e de profundas mudanças em Salvador e na colônia. Apoiado em diversos documentos até então bem pouco conhecidos, como alvarás de licença para a prática de comércio concedidos tanto a ambulantes como a donos de venda ou inventários de bens post mortem, o autor ilumina as relações e trocas sociais na cidade, sem recorrer a grandes esquemas interpretativos. Ao contrário, revela a vida e o papel concretos do indivíduo no tecido social, seu dia a dia, seu ganha-pão, as dificuldades diárias, as 'negociações' que garantiam a subsistência e, em última instância, a existência material da cidade. Alimentar a cidade não trata exatamente de comida, nem é uma história da alimentação. Antes, apresenta as relações na sociedade colonial com base no comércio da comida. Graham parte daí para mostrar como brancos e negros, homens livres, escravos e libertos, 'brasileiros', africanos e portugueses interagiam uns com os outros, e em quais termos. Com descrições vívidas da cidade e de seus habitantes — as roupas, o interior das casas, bens comerciados —, este livro é uma viagem às articulações mais essenciais, e portanto reveladoras, dessa sociedade atlântica.

Características

Peso 0.00 Kg
Produto sob encomenda Sim
Marca Companhia Das Letras (Edi??o Digital)
Número de Páginas 464 (aproximado)
Idioma 333
Acabamento e-book
Territorialidade Internacional
Formato Livro Digital Epub
Gratuito Não
Proteção Drm Sim
Início da Venda 30/10/2013
Código do Formato Epub
Cód. Barras 9788580868531
Ano da Publicação 113
AutorGraham,Richard; Berilo Vargas