Frete Grátis
  • Google Plus
Livro Digital

As Mulheres Que Julgaram Os Deuses (Cód: 8733853)

ARTHUR PORTO

Clube de Autores (Edição Digital)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 9,97
Cartão Saraiva R$ 9,97

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


As Mulheres Que Julgaram Os Deuses

R$9,97

Descrição

Romance psicológico e digressivo em prosa realista e filosófica, valendo-se do discurso sentimental e emocionalmente carregado. Dirigido ao público feminino, narra a natureza humana em conflito com a razão e o sofrimento na busca de respostas. Uma obra escrita sob os pilares do realismo e do conto contemporâneo. Propõe a reconstrução do pensamento. Antes de sua leitura deve-se compreender que a sociedade é apenas o reflexo da sociedade das ideias e pensamentos que convivem no sistema mental como hierarquias. Esse romance vem apelar a todos os recursos da consciência para demonstrar as incongruências que fragilizam a realidade humana. Além de ser uma aventura que aborda as principais questões do ser humano e da sociedade, discorre muitos temas úteis e educativos. Na simbiose entre realidade e ficção a Mente mergulha na metafísica instigando as mais fortes emoções. O lamento e a agonia da existência nos cumes do desespero, a consciência discorre sobre a futilidade e irracionalidade da vida e se desdobra em profunda ponderação filosófica. Uma reunião de mulheres dirigida por uma psicóloga e assistida por importantes figuras da sociedade, elas relatam seus dramas ao terem suas famílias dissolvidas. O Estado, o governo, a Igreja e todas as bases da sociedade são convidados a evoluírem. A Teologia é questionada. No jardim do Éden Deus condenou a mulher por esta ter ouvido a voz do Diabo e danado toda a Criação. Agora Deus é julgado por uma mulher e declarado culpado por ter criado um mundo imperfeito e mantido a vida presa do mal. Deus faz a sua defesa justificando o erro do mundo e defendendo a existência humana. No final aparece um grande personagem, com sua poderosa dialética social-reformista, propondo mudar o pensamento. Evoca as questões mais profundas da consciência. Um livro altamente metafísico e profundo na razão e no sentimento além de ser um tratado informativo sobre um antigo mal social. Percorre todo o perfil da personalidade dissocial. Dramas e enigmas, resolução de contradições, suspense, descoberta de indícios imprecisos e uma realidade estarrecedora. Julia, uma colunista com seu drama e vício pelo trabalho, tenta desvendar muitos enigmas, essa é sua profissão; ao desvendar um grande enigma encontra respostas para outros. AS MULHERES QUE JULGARAM OS DEUSES aborda uma nova maneira de pensar, combate o preconceito, demonstra raiva pelos males da sociedade, denuncia a inutilidade dos dogmas e os equívocos da religião ao mesmo tempo ataca a ambivalência das bases da sociedade. Ensina a superação de todas as religiões, crenças e culturas criadas desde a antiguidade as quais moldaram o pensamento. Nascendo do sincretismo de todo o saber humano a Filosofia Holística propõe a simbiose entre ciência e espírito para criar a sociedade ideal. Sendo o Logos o supremo mestre do mundo e do Universo, a F.H ensina o despertar para esta supremacia – superando a fragilidade, a ilusão, a dor e o sofrimento conhecidos como agruras.

Características

Produto sob encomenda Sim
Marca Clube de Autores (Edição Digital)
Cód. Barras 2999990180763
Início da Venda 27/02/2015
Territorialidade Internacional
Formato Livro Digital Pdf
Gratuito Não
Tamanho do Arquivo 2432
Proteção Drm Sim
Número da edição 1
Ano da edição 2015
Idioma Português
Número de Páginas 519 (aproximado)
Ano da Publicação 2015
Mês da Publicação FEVEREIRO
VOLUME 1
Peso 0.00 Kg
AutorARTHUR PORTO

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: As Mulheres Que Julgaram Os Deuses