Artboard 33Artboard 16Artboard 18Artboard 13Artboard 42Artboard 21Artboard 4Artboard 5Artboard 45Artboard 22Artboard 7Artboard 42Artboard 23Artboard 12Artboard 28Artboard 17?Artboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32Artboard 6Artboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11Artboard 41Artboard 11Artboard 23Artboard 10Artboard 4Artboard 9Artboard 6Artboard 8Artboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44Artboard 16Artboard 24Artboard 13Artboard 5Artboard 24Artboard 31Artboard 1Artboard 12Artboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44Artboard 9Artboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35Artboard 15Artboard 14Artboard 50Artboard 26Artboard 14Artboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37Artboard 46Artboard 33Artboard 8

José Saramago

País de origem: Portugal
Nascimento: 26 de abril de 2018
Site: http://www.josesaramago.org/
Gêneros Literatura
José de Sousa Saramago nasceu em 1922 no dia 16 de novembro em Portugal. Devido a dificuldades econômicas foi obrigado a interromper os estudos secundários e portanto tinha apenas o curso industrial. A partir de então, exerceu diversas atividades profissionais: serralheiro mecânico, desenhista, funcionário público, editor, jornalista, entre outras.

Seu primeiro livro “Terra do Pecado” foi publicado em 1947. Duas fases a sua carreira percorreu: a primeira em que publicou poesias, crônicas, teatros, contos, entre 1966 até 1978. A partir disso, passou a viver exclusivamente da literatura, primeiro como tradutor, depois como autor. A segunda fase, iniciada em 1980, em que produziu o melhor de sua obra, uma série de romances que lhe trouxeram o renome de que passou a desfrutar, sobretudo depois de ser o primeiro autor de língua portuguesa a ganhar o premio Nobel de 1988.

Também ganhou, em 1995, o Prémio Camões, um dos mais importantes prémios literários da língua portuguesa. Saramago foi considerado o responsável pelo efetivo reconhecimento internacional da prosa em língua portuguesa.

O seu livro “Ensaio sobre a Cegueira” foi adaptado para o cinema e lançado em 2008, produzido no Japão, Brasil, Uruguai e Canadá, dirigido por Fernando Meirelles. Em 2010 o realizador português António Ferreira adapta um conto retirado do livro “Objecto Quase”, conto esse que viria dar nome ao filme “Embargo”, uma produção portuguesa em co-produção com o Brasil e Espanha.

José Saramago foi conhecido por utilizar um estilo oral, coevo dos contos de tradição oral populares em que a vivacidade da comunicação é mais importante do que a correção ortográfica de uma linguagem escrita.

Todas as características de uma linguagem oral, predominantemente usada na oratória, na dialética, na retórica e que servem sobremaneira o seu estilo interventivo e persuasivo estão presentes, nas suas obras: “Levantado do Chão” 1980, “Memorial do Convento” 1982, "O Ano da Morte de Ricardo Reis" 1984, "A Jangada de Pedra" 1986, "História do Cerco de Lisboa" 1989, "O Evangelho Segundo Jesus Cristo" 1991, "Ensaio Sobre a Cegueira" 1995, "Todos os Nomes" 1997, "O Homem Duplicado" 2002, "Ensaio Sobre a Lucidez" 2004, "As Intermitências da Morte" 2005, "A Viagem do Elefante" 2008, "Caim" 2009, "Claraboia" 2011, "Alabardas, Alabardas, Espingardas, Espingardas" 2014.

Saramago faleceu em Lanzarote, nas Ilhas Canárias, em 2010 e a Fundação José Saramago mantém um site sobre o autor.
Leia mais