Frete Grátis
  • Google Plus

Berlim: 1961 - Kennedy, Khruschóv e o Lugar Mais Perigoso do Mundo (Cód: 4956615)

Kempe, Frederick

Companhia Das Letras

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 69,90 em até 2x de R$ 34,95 sem juros
Cartão Saraiva R$ 66,41 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 3x de R$ 23,30 sem juros
Grátis

Cartão Saraiva
Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto
?

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 18:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

Formas de envio Custo Entrega estimada
X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

Em junho de 1961, Nikita Khruschóv chamou Berlim de “o lugar mais perigoso do mundo”. Ele não exagerava: a resistência das potências ocidentais em desocupar militarmente a porção oeste da cidade, conforme exigido por diversos ultimatos do líder comunista que tentava conter as correntes de refugiados do Leste , gerou sem dúvida a mais grave crise política do pós-guerra. Culminando na construção do símbolo máximo da divisão do globo entre dois grupos antagônicos,o Muro de Berlim, que tornava palpável a metafórica Cortina de Ferro de Winston Churchill , a crise de 1961 foi a primeira e única vez na história em que militares e tanques norte-americanos e soviéticos estiveram frente a frente, a metros de distância. Um erro, um soldado que perdesse o controle, um comandante menos preparado, qualquer escaramuça poderia ter gerado uma guerra atômica em questão de minutos. Era um jogo temerário, de cujo resultado poderia depender a sobrevivência do planeta. De um lado da mesa, um presidente norte-americano pouco experiente e ainda carregando as cicatrizes da condução desastrada dos eventos na baía dos Porcos. De outro, um premiê soviético sofrendo pressões dos chineses, alemães orientais e grupos linhas-duras em seu próprio governo e que, com a aproximação do congresso do Partido Comunista, sabia que Berlim seria determinante não apenas para o seu futuro como para o do próprio Kremlin. Nenhum dos jogadores conseguia decifrar (nem sequer entender) o outro, e a cada semana que passava a situação se tornava mais crítica. Baseado em amplo repertório de fontes novas e entrevistas, Berlim, 1961 narra em ritmo de thriller este que foi um dos eventos cruciais do século xx, e é leitura obrigatória para a compreensão da história da Guerra Fria.

Características

Produto sob encomenda Sim
Editora Companhia Das Letras
Cód. Barras 9788535922851
Altura 23.00 cm
I.S.B.N. 9788535922851
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Tradutor Hildegardd Feist
Número da edição 1
Ano da edição 2013
Idioma Português
Idade recomendada a partir de 12 anos
Peso 0.90 Kg
Largura 16.00 cm
AutorKempe, Frederick

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Berlim: 1961 - Kennedy, Khruschóv e o Lugar Mais Perigoso do Mundo

Berlim: 1961 - Kennedy, Khruschóv e o Lugar Mais Perigoso do Mundo (Cód: 4956615) Berlim: 1961 - Kennedy, Khruschóv e o Lugar Mais ... (Cód: 4956615)
R$ 69,90
Berlim: 1961 - Kennedy, Khruschóv e o Lugar Mais Perigoso do Mundo (Cód: 4956615) Berlim: 1961 - Kennedy, Khruschóv e o Lugar Mais ... (Cód: 4956615)
R$ 69,90