Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
  • Google Plus

Berro em Surdina (Cód: 195598)

Silva,Abel

Rocco

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 24,00
Cartão Saraiva R$ 22,80 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Berro em Surdina

R$24,00

Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X
Formas de envio Custo Entrega estimada

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 15:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

Primeiro, a má notícia: os livros do escritor, compositor e professor Abel Silva continuam quase todos esgotados, difíceis de encontrar até mesmo nos sebos. Agora a boa nova: a bibliografia do autor acaba de ganhar mais um título, Berro em surdina, uma bela coleção de 65 poemas inéditos e recentes do poeta, que comemora seus 30 anos de poesia.
Entre os temas recorrentes do novo livro estão as agruras do amor, a efemeridade da juventude, o futuro a assustar quem viveu intensamente, a incômoda certeza da morte, a passagem do tempo. O poeta diz sempre muito, com o mínimo de palavras e o máximo de genialidade: 'A juventude é uva / depois passa.' Abel Silva usa um vocabulário simples, compreensível por todos, para tecer reflexões extremamente complexas.
Os poemas de Berro em surdina também vêm carregados de uma profunda frustração com a política nacional. 'Ah! O erro de não morrer / nas guerras dos heroísmos juvenis... / Eles se pensavam águias / agora se sabem urubus / (...) / planaram imortais / para pousar, depois, / sobre a carniça dos velhos ideais...', atesta o autor no poema 'Berro'. Para alguém que passou a juventude sob a opressão da ditadura militar, chegar a tal conclusão é, no mínimo, desolador. Mas transformá-la em arte é um ato de coragem. E publicá-la é partir para a luta, não para a capitulação.
Num poema chamado 'Brasília', Abel diz apenas o seguinte: 'O tempo ensina: / o moderno / não prevê / a ruína.' Mais adiante, em 'Antropofagia', sua sabedoria ganha um tom raivoso, com palavras de ordem que procuram acordar o brasileiro que dormiu no ponto: 'CHEGA DE ANTROPOFAGIA! / Chega de ‘deglutir o colonizador’. / Mudemos o cardápio, / chega de comer o tal Sardinha / pois foi o bispo quem ganhou. / Venceu o Calvário, / a cruz vingou!'
Alguns poemas incluídos em Berro em surdina acabaram virando música. É o caso de Cor invisível, musicado por Fagner, e Acaso, musicado por Ivan Lins. Há também os que já foram escritos para serem cantados, como Olhos tontos, Tarde demais e Surdina, criados sobre melodias de Carol Saboya, Zé Renato e Gereba, respectivamente. Todas essas canções foram gravadas nos últimos cinco anos, com exceção de Surdina, que está reservada para o próximo disco de Ivan Lins. Mostrar que letra de música não é uma arte inferior à poesia é outra das tantas lutas de Abel Silva.
Curiosamente, Berro em surdina termina em prosa. O belíssimo conto O aprendiz e o tigre, rico em metáforas, faz um paralelo entre a perda da inocência de um felino e de seu jovem domador. O texto foi escrito como um presente ao mais novo afilhado do autor, Fábio Bordad’água Borges, filho do ator Antônio Pedro, nascido em setembro de 2005. O conto foi incluído de última hora no livro, que já estava editado quando Abel Silva apareceu com mais esta preciosidade.

Características

Produto sob encomenda Sim
Editora Rocco
Cód. Barras 9788532519795
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 8532519792
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2005
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 157
Peso 0.20 Kg
Largura 14.00 cm
AutorSilva,Abel

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Berro em Surdina