Frete Grátis
  • Google Plus

Cartas ao Poeta Dormindo (Cód: 4934118)

Linhares,Marcos

Thesaurus

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 35,00
Cartão Saraiva R$ 33,25 (-5%) em até 1x no cartão
Grátis

Cartão Saraiva

Descrição

Fruto de uma entrevista inédita e reveladora, e ainda, cartas escritas por personalidades brasileiras e portuguesas, Cartas ao poeta dormindo é um livro impactante, que fala de cenários e caminhos para o Brasil. O jornalista e escritor Marcos Linhares é o condutor dessa jornada, mostrando diversas facetas de João Cabral de Melo Neto e dos missivistas. Um livro atemporal, cujas cartas trazem análises marcantes e, às vezes, surpreendentes, que serão lidas daqui a muitos anos e deverão continuar inquietantes. Livro para ler, consultar, compartilhar e presentear. Cartas surpreendentes: Fortes, críticas, criativas, poéticas. Confissões e desabafos verdadeiros e carinhosos, dialogando com João Cabral e com o leitor. O mundo ao redor desnudado por personalidades ímpares do Brasil e de Portugal. Trechos extraídos de algumas cartas do livro: 'Tia, a senhora sabe o que é e o que faz um pedreiro? Pedreiro é o profissional que trabalha na construção civil. Não deverias tentar ser doutor, criaturinha? Ele sorriu e respondeu: Tia, pedreiro é quem vende pedra de Crack. (...), José Pacheco 'Nós nos encontramos uma vez, mas você não se lembraria por melhor que fosse sua memória. É que, intimidada, fiquei silente como uma pedra. Sim, sei do seu apreço por pedra, mas ninguém notaria algo tão insignificante quanto aquela jovem que, em 1980, sentou-se à mesa em que havia tanta gente mais interessante. Para mim foi inesquecível. Era apenas o prazer de olhar para o poeta, e achar notável qualquer coisa que dissesse, Miriam Leitão 'nem educação pela pedra nem pela pedrada, acreditam que basta ter o equipamento para garantir o conhecimento, imagine se chegaremos a consciência falam de inclusão digital onde só há gente aprendendo datilografia em teclado de computador falam em informação quando só há volume de dados caóticos, sem nexo nem conexão, na farsa da fartura em rede - prevalecem os sabidos e são poucos os sábio, TT Catalão.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Thesaurus
Cód. Barras 9788540902077
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788540902077
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2013
Idioma Português
Número de Páginas 120
Peso 0.17 Kg
Largura 14.00 cm
AutorLinhares,Marcos

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Cartas ao Poeta Dormindo