Frete Grátis
  • Google Plus

Cartas de um Caçador (Cód: 1996319)

Quiroga,Horacio

Iluminuras

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 36,00
Cartão Saraiva R$ 34,20 (-5%) em até 1x no cartão
Grátis

Cartão Saraiva
Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto
?

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 18:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

Formas de envio Custo Entrega estimada
X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

Todas as histórias são relato fiel das caçadas de um conterrâneo nosso em todas as selvas, desertos e mares do novo e do velho mundo. Com esta advertência, Dum Dum apresenta suas Cartas de um caçador. Logo se percebe que é um caçador de verdade, e disso não faltam provas. A principal delas é que ele não apenas viveu as aventuras, como também decidiu escrever este livro para contá-las. Dum Dum é o caçador que nos guiará por suas caçadas e peripécias na selva. E o que se pode esperar de um caçador-escritor assim? A mesma coragem de seu criador, o uruguaio Horacio Quiroga(1878-1937), um escritor barbudo que um dia resolver ir viver na selva, no povoado de San Ignácio, em Misiones, próximo à tríplice fronteira entre Brasil , Argentina e Paraguai. Lá, há quase cem anos, Quiroga construiu uma casa de pedra, onde plantava palmeiras, bananeiras e criava serpentes, e que continua em pé até hoje, enfeitada com muitas das peles e couros que caçou seu personagem-escritor Dum Dum. As cartas que Dum Dum mandava lá de San Ignácio para seus filhos foram todas publicadas na revista infanto-juvenil de Buenos Aires Billiken e na revista Mundo Argentino, entre 1922 e 1924. Hoje, os jovens leitores do Brasil além de se deleitarem com as aventuras do caçador, vão conhecer também as selvas da América Latina, com seus bichos como a onça pintada, a suçuarana, a jaguatirica e o condor – que nessa época viviam soltos pelas matas, e não presos nos zoológicos. Conhecer a selva em que viveu Quiroga pelas cartas de Dum Dum é uma experiência de desvendar um mundo próximo, primitivo, cujo valor máximo é o da experiência e o da sobrevivência. Ler as cartas de um caçador nos mostra que, apesar de distante, o mundo da selva é o nosso mundo também. Dum Dum é um caçador de verdade. Quiroga, um escritor de verdade. Sorte nossa eles terem se encontrado na selva de Misiones para nos contar estas histórias... Wilson Alves-Bezerra

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Iluminuras
Cód. Barras 9788573212686
Altura 23.00 cm
I.S.B.N. 9788573212686
Profundidade 0.60 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2007
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 92
Peso 0.17 Kg
Largura 16.00 cm
AutorQuiroga,Horacio

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Cartas de um Caçador

Cartas de um Caçador (Cód: 1996319) Cartas de um Caçador (Cód: 1996319)
R$ 36,00
Cartas de um Caçador (Cód: 1996319) Cartas de um Caçador (Cód: 1996319)
R$ 36,00