Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
  • Google Plus

Cartas de Uma Jovem Inglesa Na Fronteira de Uruguaiana - (1887-1888) (Cód: 3416600)

Frances,May

Sulina

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 28,00
Cartão Saraiva R$ 26,60 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Cartas de Uma Jovem Inglesa Na Fronteira de Uruguaiana - (1887-1888)

R$28,00

Descrição

As vinte e quatro cartas escritas por Miss May Frances para uma amiga de sua Inglaterra natal, entre 1887 e 1888, possuem valor inestimável. Escreveu-as da Fronteira, na vizinhança de Uruguaiana, mais precisamente de um rancho coberto de capim, nas cercanias do Rio Touro Passo. Tal valor, contudo, não viria da descrição cinematográfica que fez, com momentos de suspense e glória, da construção da BGS, a Brazilian Great Southern, a ferrovia que ligava o Rio Quaraí (desde Barra do Quaraí) a Itaqui, já em 1888. Seu irmão Geoffrey - a quem veio fazer companhia no rancho mencionado - participou da construção da BGS como engenheiro-chefe.
Tal valor, igualmente, não viria do inspiradíssimo registro que fez da natureza, do pampa, de sua flora e fauna, da amplidão de nossos horizontes, de nossos céus, dos 'esplendorosos' crepúsculos sanguíneos, dos luares, das noites profundas da Fronteira, 'salpicadas de poeira de diamante', quando sua pena chega a momentos de sentida poesia, que expressam o amor que dedicou a essa paisagem amplíssima, libérrima, onde sentia perfeitamente que estávamos sobre uma dessas esferas que povoam o universo infinito.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Sulina
Cód. Barras 9788520505823
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788520505823
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2010
Idioma Português
Número de Páginas 166
Peso 0.22 Kg
Largura 14.00 cm
AutorFrances,May

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Cartas de Uma Jovem Inglesa Na Fronteira de Uruguaiana - (1887-1888)