Artboard 33Artboard 16Artboard 18Artboard 13Artboard 42Artboard 21Artboard 4Artboard 5Artboard 45Artboard 22Artboard 7Artboard 42Artboard 23Artboard 12Artboard 28Artboard 17?Artboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32Artboard 6Artboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11Artboard 41Artboard 11Artboard 23Artboard 10Artboard 4Artboard 9Artboard 6Artboard 8Artboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44Artboard 16Artboard 24Artboard 13Artboard 5Artboard 24Artboard 31Artboard 1Artboard 12Artboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44Artboard 9Artboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35Artboard 15Artboard 14Artboard 50Artboard 26Artboard 14Artboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37Artboard 46Artboard 33Artboard 8

Coisa Julgada Inconstitucional - Hipóteses de Flexibilização e Procedimentos para Impugnação (Cód: 1911371)

Araújo,Marcelo Cunha de

Lumen Juris

Este produto está temporariamente indisponível no site, mas não se preocupe, você pode reservá-lo para retirada em uma loja física!

Reserve seu produto na loja para retirada em até 1 hora.
Ops! Este produto está temporariamente indisponível. Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.
Ops! Este produto está temporariamente indisponível. Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 59,00

em até 1x de R$ 59,00 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 56,05 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


Coisa Julgada Inconstitucional - Hipóteses de Flexibilização e Procedimentos para Impugnação

R$59,00

Descrição

Atualmente, tanto na doutrina, como na jurisprudência, há uma tendência crescente em se mitigar os limites da conceituação clássica do instituto da coisa julgada. A presente obra tem o propósito de apresentar uma abordagem sistemática do instituto da coisa julgada (resjudicata) e sua relação com a Norma Máxima. Desta forma, o principal objetivo do trabalho foi identificado na apresentação de respostas às seguintes questões: 1) Existe a coisa julgada inconstitucional? Em outras palavras, quando a Constituição garante o instituto da coisa julgada, isso significa que considera considera, sempre, qualquer decisão trânsita em julgado como adequada – como constitucional? 2) Se efetivamente existe a coisa julgada inconstitucional, quais são os fundamentos dela? Por que ela existe e em que quais casos pode a coisa julgada inconstitucional ser argüida? 3) Se há casos de decisões judiciais transitadas em julgado inconstitucionais, quais são os meios procedimentais apropriados para a impugnação? Com o propósito de responder às perguntas, o livro exporá a abordagem de vários autores que analisam o tema sob os ângulos filosófico, constitucional e processual, fornecendo vários subsídios à generalização de uma nova teoria capaz de, a um só tempo, equacionara tensão existente entre a segurança jurídica e a adequabilidade das decisões judiciais, traço característico do problema da coisa julgada inconstitucional.

Características

Peso 0.34 Kg
Produto sob encomenda Não
Editora Lumen Juris
I.S.B.N. 9788537500675
Altura 23.00 cm
Largura 16.00 cm
Profundidade 1.20 cm
Número de Páginas 223
Idioma Português
Acabamento Brochura
Cód. Barras 9788537500675
Número da edição 1
Ano da edição 2007
País de Origem Brasil
AutorAraújo,Marcelo Cunha de