Artboard 33Artboard 16Artboard 18Artboard 13Artboard 42Artboard 21Artboard 4Artboard 5Artboard 45Artboard 22Artboard 7Artboard 42Artboard 23Artboard 12Artboard 28Artboard 17?Artboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32Artboard 6Artboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11Artboard 41Artboard 11Artboard 23Artboard 10Artboard 4Artboard 9Artboard 6Artboard 8Artboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44Artboard 16Artboard 24Artboard 13Artboard 5Artboard 24Artboard 31Artboard 1Artboard 12Artboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44Artboard 9Artboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35Artboard 15Artboard 14Artboard 50Artboard 26Artboard 14Artboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37Artboard 46Artboard 33Artboard 8
e-book

Colares de Xangô e Sapatos Bicolores (Cód: 8205417)

Kennedy,William

Globo Editora (Edição Digital)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 34,90

em até 1x de R$ 34,90 sem juros

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


Colares de Xangô e Sapatos Bicolores

R$34,90

Descrição

Vários matizes estão presentes na trama de 'Colares de Xangô e sapatos bicolores'': o amor, a revolução, a luta da população negra pelos seus direitos civis, a memória, o heroísmo e a literatura. Dividido em três épocas, o romance é repleto de referências ao jazz, mas a música não é mero pano de fundo para a trama, ela se incorpora aos personagens e suas histórias.
Colares de Xangô e sapatos bicolores é o mais novo livro de Willian Kennedy e o primeiro título do autor publicado pela Biblioteca Azul. O escritor recebeu o prêmio Pulitzer em 1984, foi convidado da Festa Literária internacional de Paraty em 2010, e é considerado um dos principais nomes da literatura americana do século XX.
Como outros títulos da obra de Kennedy, o romance se passa em Albany, Nova York. A primeira parte, que serve como um prólogo para o livro, apresenta o menino Dany Quinn, que desperta ao som de Shine, música que ecoa por sua casa e vai ressoar por grande parte da sua vida. O leitor reencontrará o personagem crescido na segunda parte do livro, na conturbada Havana de 1957, cenário habitado por figuras históricas como Fidel Castro e Ernest Hemingway. Daniel Quinn tornou-se um jornalista que deseja ser escritor, e se vê em meio à revolução cubana.
A terceira parte leva o leitor de volta a Albany. O ano é 1968 e a cidade está povoada por uma improvável galeria de personagens – um alcoólatra sem-teto, um padre, um pai senil e uma lenda do jazz – todos às voltas com os distúrbios causados pela luta por direitos civis da cidade.
Nada é gratuito na escrita de Kennedy. As questões políticas abordadas no romance vão além da atmosfera e fazem parte da construção dos personagens, que agem ora heroicamente, ora por interesse, movidos por conflitos ou em busca de redenção.
Sem uma estrutura esquemática e sem formulas prontas, Kennedy demonstra uma profunda compreensão das características humanas e dos pequenos acontecimentos que compõem a história. O escritor demonstra sua maturidade na construção das cenas e diálogos. Colares de Xangô e sapatos bicolores está entre os melhores e mais potentes romances de um mestre do gênero.

Características

Peso 0.00 Kg
Produto sob encomenda Não
Marca Globo Editora (Edição Digital)
Número de Páginas 424 (aproximado)
Idioma Português
Acabamento e-book
Territorialidade Brasil
Formato Livro Digital Epub
Gratuito Não
Proteção Drm Não
Tamanho do Arquivo 2886
Início da Venda 23/10/2014
Cód. Barras 9788525058256
Número da edição 1
Ano da edição 2014
Ano da Publicação 2014
Mês da Publicação OUTUBRO
AutorKennedy,William