Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
Frete Grátis
  • Google Plus

Como Se Relacionar Melhor Com As Pessoas (Cód: 6003677)

Flaxington,Beverly D.

Sextante / Gmt

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 29,90
Cartão Saraiva R$ 28,41 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Como Se Relacionar Melhor Com As Pessoas

R$29,90

Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X
Formas de envio Custo Entrega estimada

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 15:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

Ao longo de sua carreira como consultora, Beverly D. Flaxington percebeu que muitas vezes a comunicação ficava prejudicada porque as pessoas simplesmente não tentavam entender o que as outras diziam. Ao mesmo tempo, vários clientes lhe perguntavam o que ela fazia para se relacionar tão bem com todo mundo e conseguir o que desejava nas negociações. Seu método é muito simples: ela tira o foco de si e se dedica a entender os outros.

Características

Produto sob encomenda Sim
Editora Sextante / Gmt
Cód. Barras 9788575429747
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788575429747
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Tradutor Andrea Holcberg
Número da edição 1
Ano da edição 2013
Idioma Português
Número de Páginas 128
Peso 0.16 Kg
Largura 14.00 cm
AutorFlaxington,Beverly D.

Leia um trecho

Vamos ser sinceros? Todos nós andamos por aí repetindo sem parar o mantra: “Tudo que importa sou eu.” É claro que não dizemos isso realmente, de maneira consciente, mas essa é a verdadeira mensagem por trás de tudo que fazemos. Esse não é um conceito fácil de se aceitar, porque revela que, na maior parte do tempo, as pessoas se concentram nelas mesmas. Não queremos acreditar que somos assim. Parece tão egocêntrico! Porém, se formos honestos e analisarmos com atenção, veremos que a palavra “eu” está no centro de cada pensamento que temos, em cada experiência que vivemos. Será que somos tão obcecados por nós mesmos? Sim, somos. Involuntariamente, enxergamos cada experiência através de nossas próprias lentes. Não é algo que fazemos de propósito, não é egoísmo. Apenas não temos escolha, pois não estamos cientes desse comportamento. Todos nós temos um conjunto de vivências, opiniões e pontos de vista que influenciam cada situação que enfrentamos. Tudo o que vemos, dizemos, ouvimos e fazemos é filtrado pelo mecanismo chamado “eu”. Filtros obstruídos Os filtros que criamos colocam-se entre nós e todas as pessoas que encontramos. Você deve estar se perguntando por que eu os chamo de “filtros” – afinal, não somos máquinas cujas peças são removíveis. O que é uma pena, porque seria muito bom se pudéssemos remover esses filtros e renová-los. Se isso fosse possível, cada experiência recém-adquirida seria realmente original, e não uma cópia de algo que já vivemos no passado. Se pudéssemos observar nossos filtros sob a luz, identificaríamos tudo aquilo que os obstruiu, percebendo que a dificuldade que temos de enxergar as coisas é causada por nosso “eu”, que está no meio de tudo. Isso significa que é impossível lançar um olhar imparcial sobre as coisas, pois vemos tudo através da lente do eu. Sem querer, projetamos sobre todas as situações nossas próprias expectativas, crenças, preocupações e necessidades. Os filtros retêm a combinação de nossas experiências passadas, nossa visão do mundo, nossos conceitos de certo e errado, nosso comportamento e nossos valores. Se pensarmos neles como algo tangível, perceberemos que estão na nossa frente o tempo todo. Assim, é impossível ver claramente qualquer coisa – uma pessoa, um evento –, pois eles obstruem o caminho. O grande problema da comunicação é que cada um de nós tem o próprio filtro, e nenhum deles é imparcial e objetivo. Imagine duas pessoas com os filtros obstruídos tentando estabelecer uma conexão e compreender uma à outra. Queremos acreditar que estamos enxergando direito e que nossa mente está aberta e receptiva, mas a verdade é que eles estão lá, se interpondo a cada interação. Por exemplo, quando alguém diz ou faz alguma coisa, você só consegue ouvi-la e vê-la através do seu ponto de vista, com seu filtro bloqueando a experiência. Os livros sobre relacionamentos costumam afirmar que, para estabelecer uma comunicação verdadeira com outra pessoa, é preciso colocar-se no lugar dela, criando empatia. Parece ótimo, mas como posso fazer isso se tenho os meus filtros? Não é que eu não queira me colocar no lugar do outro; o problema é que, honestamente, não consigo fazer isso. O lugar do outro não é o meu, e eu não entendo nada sobre esse lugar.

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Como Se Relacionar Melhor Com As Pessoas