Artboard 33Artboard 16Artboard 18Artboard 13Artboard 42Artboard 21Artboard 4Artboard 5Artboard 45Artboard 22Artboard 7Artboard 42Artboard 23Artboard 17?Artboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32Artboard 6Artboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11Artboard 41Artboard 11Artboard 23Artboard 10Artboard 4Artboard 9Artboard 6Artboard 8Artboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44Artboard 16Artboard 24Artboard 13Artboard 5Artboard 24Artboard 31Artboard 1Artboard 12Artboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44Artboard 9Artboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35Artboard 15Artboard 14Artboard 50Artboard 26Artboard 14Artboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37Artboard 46Artboard 33Artboard 8

Criminalidade no Rio de Janeiro - A Imprensa e a (in)formação da Realidade (Cód: 1567729)

Borges,Wilson Couto

Revan

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 44,00

em até 1x de R$ 44,00 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 41,80 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


Criminalidade no Rio de Janeiro - A Imprensa e a (in)formação da Realidade

R$44,00

Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X
Formas de envio Custo Entrega estimada

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 15:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

O presente trabalho teve como meta estudar a relação entre a criminalidade, a intervenção das Forças Armadas no espaço urbano da cidade do Rio de Janeiro e o discurso jornalístico. Levando em conta como se deram os processos de intervenção realizados pelo poder público e as construções jornalísticas que os cercam. Wilson Couto Borges vem preencher um vazio, um silêncio em torno dos acontecimentos relativos à Operação Rio. O emblemático ano de 1994 marcaria o aprofundamento da inserção brasileira no projeto neoliberal e uma guinada à direita do eleitorado fluminense. A “crise da Segurança Pública” fazia parte do arsenal político construído para a derrota do brizolismo e de tudo o que ele representava como projeto nacional.

O Rio de Janeiro constituía-se em território estratégico para essa empreitada conservadora. A intervenção federal vinha de encontro do clima gerado pela imprensa, que atualizava a velha tática de “hiperbolização das classes perigosas”, demonstrada historicamente por Gizlene Neder. O autor elabora os efeitos do processo de fixação de significados para a construção de um “individualismo fóbico”, descrito magistralmente por Gisélio Cerqueira Filho.

O livro ilumina a história, numa perspectiva muito diferente e pouco divulgada, da fina engenharia empreendida por Nilo Batista para reduzir os danos da intervenção de força que o conservadorismo brasileiro realizava no Rio de Janeiro, na conjuntura eleitoral. O clamor orquestrado para dar passagem ao neoliberalismo, com suas metáforas bélicas, produziu uma ocupação militar nas favelas cariocas, que é a grande fantasia das elites cariocas e brasileiras.

Características

Peso 0.44 Kg
Produto sob encomenda Não
Editora Revan
I.S.B.N. 8571063303
Altura 21.00 cm
Largura 14.00 cm
Profundidade 0.00 cm
Número de Páginas 240
Idioma Português
Acabamento Brochura
Cód. Barras 9788571063303
Número da edição 1
Ano da edição 2006
País de Origem Brasil
AutorBorges,Wilson Couto