Frete Grátis
  • Google Plus

Curso de Processo Penal - 14ª Ed. - 2011 (Cód: 3426560)

Oliveira, Eugenio Pacelli de

Lumen Juris

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 120,00 em até 4x de R$ 30,00 sem juros
Cartão Saraiva R$ 114,00 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 6x de R$ 20,00 sem juros
Grátis

Cartão Saraiva

Descrição

Enfatiza-se aqui a dualidade saber/poder; conhecimento/autoridade; para assinalar que, no fundo, talvez sejamos todos essencialmente garantistas, se e desde que nos repugne a idéia de condenação (afirmação de certeza judiciária) baseada em convencimento cuja dúvida ainda remanesça no espírito do próprio julgador. In dubio pro reo, ou, em bom vernáculo, na dúvida, prevalece a incerteza. E, com ela, em um Estado Democrático de Direito, a interpretação pautada pelos postulados da vedação de excesso (do poder) e da máxima efetividade dos direitos fundamentais, impondo, em tais situações, a não-condenação. O que não significa, de outro lado, que a intervenção penal não esteja contemplada no ambiente garantista. Para além das ponderações de ordem criminológica, ajustadas a determinados modelos de sistemas penitenciários e de sistemas punitivos, a Constituição da República, essencialmente garantista, determina a tutela penal dos direitos fundamentais, quando, em diversos momentos e dispositivos, refere-se ao desvalor atribuído a determinadas condutas lesivas (racismo, drogas, terrorismo, tortura etc.) e ao procedimento penal para a aplicação do Direito (ações penais públicas, ações privadas subsidiárias das públicas etc.). Não haverá incompatibilidade entre o garantismo e a intervenção penal, no âmbito exclusivo da dogmática penal (excluídas as questões atinentes à realidade do sistema previdenciário – penas cruéis?), quando se puder justificar a condenação criminal pela estrita observância do devido processo penal constitucional, e, de modo mais sensível, ao dever de fundamentação das decisões judiciais.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Lumen Juris
Cód. Barras 9788537509029
Altura 24.50 cm
I.S.B.N. 9788537509029
Profundidade 3.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 14
Ano da edição 2011
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 894
Peso 1.10 Kg
Largura 17.00 cm
AutorOliveira, Eugenio Pacelli de

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Curso de Processo Penal - 14ª Ed. - 2011