Frete Grátis
  • Google Plus

Dicionário da Religiosidade Popular (Cód: 4910632)

Van Der Poel,Francisco

Nossa Cultura

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 290,00 em até 9x de R$ 32,22 sem juros
Cartão Saraiva R$ 275,50 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 12x de R$ 24,17 sem juros
Grátis

Cartão Saraiva

Descrição

Este primeiro “Dicionário da Religiosidade Popular” tem todas as características de um ‘abecedário’, no seu sentido humanista. Desde o fim da Idade Média, o Humanismo se distingue pela maneira aberta e tolerante de pesquisar, pensar e explicar. Durante quarenta anos, o autor reuniu e organizou em verbetes uma grande variedade de informações sobre a vida e a experiência religiosa do povo brasileiro. Buscou a coerência de suas culturas e não tanto a lógica total e racionalista. Tanto recorreu às ciências e às artes, quanto procurou estar presente lá onde as coisas acontecem. Pesquisou também arquivos, no Brasil e em Portugal. Na análise da relação entre cultura e religião, alguns temas são constantes: as raízes indígenas; a memória da escravidão e da mãe África; a forte influência lusa; a brasilidade mestiça; a dialética entre o oficial e o popular, hoje e no passado; migração e urbanização; a situação socioeconômica; a mídia; a união na diversidade; a comunidade de base; instituições religiosas e a fé viva do povo. Assim, à diferença de outros, este não é um dicionário de folclore no sentido que não enfoca apenas o tradicional, mas a múltipla experiência religiosa do povo brasileiro no passado e no presente. Foi privilegiada a fala do povo através dos seus representantes: o mestre da folia, a rezadeira, o capitão do congado, a mãe de santo, o cordelista e tantos outros. Suas histórias, depoimentos, provérbios, cantos e orações estão impressos em itálico, destacando assim a parte mais importante do Dicionário.
Na religiosidade popular, aparecem assuntos tais como a espinhela caída, simpatias para curar, transe, visagens, que não cabem nas teorias oficiais e, neste Dicionário, há uma preocupação essencial: compreendê-los, sem recorrer a explicações como as da parapsicologia.
O povo do Jequitinhonha, querendo entender a vida ou resolver algum problema urgente, dizia ao autor: “morei no assunto” ou “pus aquilo no sentido”. Caro leitor, é isso mesmo, a verdade é vivida, compartida e concreta e não começa com teorias prontas. Grande é a riqueza cultural e religiosa dos pobres. Na busca da verdade, saibamos ficar satisfeitos com os caquinhos que alcançamos.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Nossa Cultura
Cód. Barras 9788580661026
Altura 27.00 cm
I.S.B.N. 9788580661026
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Capa dura
Número da edição 1
Ano da edição 2013
Idioma Português
Número de Páginas 1152
Peso 0.44 Kg
Largura 20.00 cm
AutorVan Der Poel,Francisco

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Dicionário da Religiosidade Popular