Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
  • Google Plus

Domando Águas - Sulibridade e Ocupação do Espaço Na Cidade de São Paulo, 1875-1930 (Cód: 3541420)

Dos Santos,Fábio Alexandre

Alameda Casa Editorial

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 60,00 em até 2x de R$ 30,00 sem juros
Cartão Saraiva R$ 57,00 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 3x de R$ 20,00 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 2x sem juros de R$ 0,00


Domando Águas - Sulibridade e Ocupação do Espaço Na Cidade de São Paulo, 1875-1930

R$60,00

Descrição

Domando águas procura iluminar aspectos fundamentais da história da capital paulistana, entre 1870 e 1930, buscando ultrapassar as luzes feéricas e as tabuletas brilhantes que a cidade apresentava em seu processo de intenso crescimento populacional e concentração de riqueza – sua complexa e contraditória relação com as águas, que a conectavam com os interiores do continente, que serviam sua crescente população, que inundavam suas casas e negócios, que brotavam de seus animados chafarizes, encontros de amores furtivos e de classes perigosas. Domar as águas, disciplinar e canalizar os rios, construir sistemas de coleta de esgotos e saneamento, combater as enchentes foram modos privilegiados de configurar e civilizar a cidade, mas também de segregar seus habitantes a partir dos novos espaços roubados aos rios, de constituir hierarquias sociais a partir do acesso desigual aos serviços, de estabelecer novas categorias para a limpeza, a civilização, a ordem e a transgressão. Desse modo, o trabalho de Fábio Alexandre dos Santos opera nessa fecunda interface entre a história econômica e a história social, que permite articular os grandes contextos com as configurações específicas tão caras ao trabalho do historiador.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Alameda Casa Editorial
Cód. Barras 9788579390791
Altura 23.00 cm
I.S.B.N. 9788579390791
Profundidade 2.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 328
Idioma Português
Número de Páginas 328
Peso 0.49 Kg
Largura 16.00 cm
AutorDos Santos,Fábio Alexandre

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Domando Águas - Sulibridade e Ocupação do Espaço Na Cidade de São Paulo, 1875-1930