Frete Grátis
  • Google Plus

Duração Razoável da Investigação Criminal - Uma Garantia Fundamental do Investigado (Cód: 9362905)

Nunes, Marcelo Alves

Lumen Juris

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 80,00 R$ 64,00 (-20%) em até 2x de R$ 32,00 sem juros
Cartão Saraiva R$ 60,80 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 3x de R$ 21,33 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 2x sem juros de R$ 0,00


Duração Razoável da Investigação Criminal - Uma Garantia Fundamental do Investigado

R$64,00

Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto
?

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X
Formas de envio Custo Entrega estimada

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 15:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

A Reforma do Poder Judiciário, realizada pela EC n. 45/04, introduziu a 'duração razoável do processo' como direito e garantia individual erigida à categoria de cláusula pétrea (CF, art. 5º, inc. LXXVIII). No campo da hermenêutica constitucional, a obra propõe ampliar o alcance desse postulado, de nítido viés garantista, de sorte a recuá-lo até o momento pré-processual da persecutio criminis, estando ou não preso o indiciado, em consonância com as bases retóricas de um processo penal mais humano, justo e ético. Não é recomendável que a investigação criminal, enquanto expressão concreta da força coercitiva do Estado, permaneça imune à modulação temporal, vez que a morosidade dos trabalhos de Polícia Judiciária é capaz de acentuar sensivelmente o sentimento de angústia e estigmatizar a pessoa do investigado, numa odiosa negação de caros valores inerentes à pessoa humana. Logo, a delimitação normativa do prazo da investigação criminal representa a afirmação de um direito subjetivo contra os frequentes abusos do Estado-polícia, ante o descontrole temporal de muitos atos que a enredam, sobretudo quando não há indiciado preso. Desse modo, pretende a obra convidar o prezado leitor para essa interessante reflexão jurídica acerca do aprimoramento do sistema de Justiça Criminal, de que a Polícia Judiciária é parte integrante, a partir da concepção dogmática de que o inquérito policial, nesta quadra histórica em que vivemos, não mais pode ser compreendido senão através da opção garantista do nosso Estado democrático e constitucional de direito.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Lumen Juris
Cód. Barras 9788584405725
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788584405725
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2016
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 175
Peso 0.23 Kg
Largura 14.00 cm
AutorNunes, Marcelo Alves

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Duração Razoável da Investigação Criminal - Uma Garantia Fundamental do Investigado