Frete Grátis
  • Google Plus

Escravo Ou Camponês? - o Protocampesinato Negro Nas Américas (Cód: 2548090)

Cardoso,Ciro Flamarion S,

Brasiliense

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 41,50
Cartão Saraiva R$ 39,43 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 2x de R$ 20,75 sem juros
Grátis

Cartão Saraiva

Descrição

A vigência da escravidão como religião de trabalho única e absoluta durante o período colonial nas Américas é um mito. Mesmo antes haviam estabelecido em outras colônias, como a ilha de São Tomé, uma forma de mão-de-obra mista entre a escravidão e o campesinato. O escravo possuía pequenas cotas de terra, que podia cultivar uma vez por semana e cuja produção lhe pertencia, podia vendê-la no mercado e, assim, arrecadar o dinheiro necessário para a sua carta de alforria. Esta figura pouco conhecida, metade escravo, metade camponês, está também presente no sul dos EUA e do Caribe. Aqui Ciro Flamarion Cardoso apresenta-a numa visão desmistificadora da colonização do “novo mundo”.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Brasiliense
Cód. Barras 9788511130690
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 8511130691
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 128
VOLUME 1
Peso 0.44 Kg
Largura 14.00 cm
AutorCardoso,Ciro Flamarion S,

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Escravo Ou Camponês? - o Protocampesinato Negro Nas Américas