Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
  • Google Plus

Escrita, Literatura e Filosofia (Cód: 2591176)

Bruno,Mario

Forense Universitária

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 46,90
Cartão Saraiva R$ 44,56 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 2x de R$ 23,45 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Escrita, Literatura e Filosofia

R$46,90

Descrição

Desde a Antigüidade, sobretudo com Platão, a escrita apontava para um cisma no pensamento e na destinação da palavra.
Por um lado, a história de crenças em um sopro do espírito, encontrável no corpo, na textura das coisas do mundo ou na tessitura de uma episteme.
Por outro lado, a circulação da letra, separada de seu destino supostamente natural, a escrita vista como uma enfermidade, o escândalo do fingimento dos poetas. A cena platônica em A República: o poeta é o rival do filósofo, a sofística é a duplicação fantasmática da poesia.
Foi dessa cisão que surgiu o conceito contemporâneo da literatura. O platonismo é revertido pela redescoberta do simulacro na escrita, potência do falso, o retorno da Diferença.
Em uma modernidade obcecada por fundar uma ciência técnica, a literatura surge fazendo desmoronar os protocolos centenários da episteme do Mesmo, pondo em questão as verdades da voz, do corpo e da letra. A literatura como experiência do Fora faz comunicar todas as séries do mundo, substituindo essências eternas por acontecimentos singulares.

Características

Produto sob encomenda Sim
Editora Forense Universitária
Cód. Barras 9788521804307
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788521804307
Profundidade 1.20 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2008
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 197
Peso 0.29 Kg
Largura 14.00 cm
AutorBruno,Mario

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Escrita, Literatura e Filosofia