Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 42 Artboard 21 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 42 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 23 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 6 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 43 Artboard 44 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 46 Artboard 8

Filosofia da Ciência de Thomas Kuhn - Conceitos de Racionalidade Científica (Cód: 8023296)

Tozzini,Daniel Laskowski

Atlas

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

De: R$ 72,00

Por: R$ 71,90

em até 2x de R$ 35,95 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 68,31 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 2x sem juros de


Filosofia da Ciência de Thomas Kuhn - Conceitos de Racionalidade Científica

R$71,90

Descrição

Se você já ouviu alguma vez a expressão “precisamos mudar o paradigma”, isto se deve a uma pessoa: o filósofo norte-americano Thomas Kuhn. Após o lançamento de seu principal livro, A estrutura das revoluções científicas, ele se tornou responsável pela sua popularização. O impacto de sua obra foi tão grande que, poucos anos após o seu lançamento, Thomas Kuhn entrou em debate com os maiores filósofos da ciência de sua época. Karl Popper, Imre Lakatos, Paul Feyerabend, John Watkins, Pearce Williams, Stephen Toulmin e Israel Scheffler estavam entre eles.

Além de ter-se tornado conhecido por esse fato, ele também ficou célebre por ter sido acusado de defender que a ciência – maior empreendimento do ser humano, símbolo do desenvolvimento da razão – seria um empreendimento subjetivo e irracional. Thomas Kuhn jamais aceitou essas acusações e quase todos os seus trabalhos posteriores foram dedicados a se defender delas.

Este livro apresenta uma introdução à filosofia da ciência de Thomas Kuhn e as principais críticas que ele recebeu logo após o lançamento de A estrutura das revoluções científicas. Com base nelas, apresenta-se como a racionalidade científica pode ser entendida, como Kuhn foi interpretado e como ele respondeu a seus adversários. Imagens e recursos visuais são utilizados para facilitar a compreensão da filosofia do autor e de seus críticos.

O livro é enriquecido com um prefácio escrito por Michel Ghins e um epílogo escrito por Alberto Oscar Cupani.

Características

Peso 0.29 Kg
Produto sob encomenda Sim
Editora Atlas
I.S.B.N. 9788522489008
Altura 23.00 cm
Largura 15.00 cm
Profundidade 1.00 cm
Número de Páginas 148
Idioma Português
Acabamento Brochura
Cód. Barras 9788522489008
Número da edição 1
Ano da edição 2014
AutorTozzini,Daniel Laskowski