Frete Grátis
  • Google Plus

Fraseologias Jurídicas - Estudo Filológico e Linguístico do Período Colonial (Cód: 4876990)

Ximenes,Expedito Eloísio

Appris

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 62,00 em até 2x de R$ 31,00 sem juros
Cartão Saraiva R$ 58,90 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 3x de R$ 20,67 sem juros
Grátis

Cartão Saraiva

Descrição

O estudo da língua leva-nos, obrigatoriamente, ao universo cultural muito mais amplo que envolve todas as manifestações sociais do ser humano e do mundo que o cerca. A língua reflete as vivências, as ideologias, a cultura geral de uma época e de um povo, a nosso ver em uma análise linguística, muitos aspectos devem ser levados em consideração, principalmente em se tratando de textos produzidos em um tempo histórico pretérito. Neste estudo específico, os textos foram escritos há mais de dois séculos, portanto, muitos fatores extralinguísticos merecem ser explicitados para que tenhamos o entendimento completo do uso da língua.
Nossa análise e interpetação contempla a explicação dos elementos internos e externos que envolvem os autos de querela, escritos nos séculos XVIII e XIX. Os elementos internos são representados pelas manifestações no léxico e na estrutura sintática, pricipalmente, que já não são de fácil compreensão aos leitores hodiernos. Os elementos externos compreendem todo o aparato histórico, jurídico, criminal e administrativo do sistema colonial brasileiro. Ademais, partimos da explicação do próprio gênero textual que deixou de circular na sociedade moderna. Descrevemos os aspectos codicológicos, o tipo de escrita e os elementos linguísticos, como já mencionados. Outros aspectos que merecem atenção, por exemplo, é a denominação dos objetos e dos instrumentos, as ocupações ou atividades das pessoas, os topônimos e os antropônimos cearenses que se destacam nos autos.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Appris
Cód. Barras 9788581920962
Altura 23.00 cm
I.S.B.N. 9788581920962
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2012
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 360
Peso 0.47 Kg
Largura 17.00 cm
AutorXimenes,Expedito Eloísio

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Fraseologias Jurídicas - Estudo Filológico e Linguístico do Período Colonial