Frete Grátis
  • Google Plus

Governança da Nova Ti - A Revolução (Cód: 4910725)

Mansur,Ricardo

CIENCIA MODERNA

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 119,00 R$ 104,70 (-12%) em até 3x de R$ 34,90 sem juros
Cartão Saraiva R$ 99,47 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 5x de R$ 20,94 sem juros
Grátis

Cartão Saraiva

Descrição

O primeiro e segundo bloco desta obra são resultado da natural revisão, atualização e ampliação do livro “Governança Avançada de TI na Prática”. A terceira parte foi desenvolvida para atender a todas as diversas solicitações recebidas de evolução do assunto “Rede e TI Social”. O livro permite que o leitor viaje pelo comportamento prático dos principais conceitos da governança como o iTaaS, TIC Verde, Intensidade Ideal de TIC, Retorno de Investimento, Demonstração de Resultados, Investimento em Tecnologia, Rede Social e Mercado de Trabalho de TIC. Foi adotado o estratagema de apresentar o conceito simultaneamente ao exemplo prático para permitir rápido e melhor entendimento. Atualmente, a governança é um tema que aparece no topo da agenda de executivos, diretores, gerentes e especialistas de Tecnologia de Informações e Comunicações. Todos os dias, os casos de mercado mostram que o talento e capital intelectual fazem diferença. Um número cada vez maior de empresários, empreendedores, investidores, advogados, contadores, economistas, analistas, engenheiros, publicitários, professores, estudantes, etc. está querendo entender como a governança de TIC pode contribuir para o sucesso de uma organização. Temas como ROI, Demonstração de Resultados, iTaaS, TIC Verde, Investimento em TIC e Rede Social deixaram de ser exclusivos de Tecnologia de Informações e Comunicações e passaram a fazer parte permanente da pauta de todos os profissionais.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora CIENCIA MODERNA
Cód. Barras 9788539903795
Altura 23.00 cm
I.S.B.N. 9788539903795
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2013
Idioma Português
Número de Páginas 632
Peso 0.92 Kg
Largura 16.00 cm
AutorMansur,Ricardo

Leia um trecho

Ainda, segundo Sondergaard, dois terços dos CEOs acreditam que a TI fará uma contribuição maior às suas organizações nos próximos dez anos do que nas décadas anteriores. “Para que os líderes da tecnologia da informação prosperem nesse ambiente eles devem conduzir das linhas de frente e reinventar o setor. Eles ainda precisam abraçar os negócios pós-modernos, onde as empresas são dirigidas pelo relacionamento com os clientes, alimentadas pela explosão da informação, da colaboração e da mobilidade”, afirma Sondergaard. Outros impactos. O próximo estágio da computação social será o envolvimento em massa de clientes, cidadãos e funcionários com os sistemas empresariais, de acordo com o instituto de pesquisas. “Com 1,2 bilhão de pessoas nas redes sociais [cerca de 20% da população mundial], a computação social está em uma nova fase. Os líderes de TI devem incorporar imediatamente as capacidades de software social em seus sistemas empresariais”. Segundo a pesquisa, apenas 6% dos 256 órgãos da administração pública federal estão em um estágio aprimorado de governança de TI (índice criado pelo TCU). Outros 37% estão em estágio intermediário e 30% não passou do nível mais baixo _ são aqueles onde a governança inexiste. Há outros dados preocupantes, como o fato de 65% dizer não ter uma política corporativa de segurança da informação, e 51% da alta administração não ser responsabilizar pela área de TI. Apenas 48% dos órgãos possui um comitê de TI formalmente designado; em 57% os objetivos de desenvolvimento foram definidos. A previsibilidade pesa no bolso do trabalhador alemão, que tem mais tempo para consumir? Não, pois ele também usa o tempo livre para produzir mais, seja trabalhando ou estudando. Contando com transporte público eficiente perto de casa, os alemães podem dispor de mais tempo com a família, ter hábitos mais saudáveis e viver uma vida mais previsível. Resultado: menos estresse, menos ansiedade e menos problemas de saúde. Provavelmente, seus gastos com eventuais quitutes ou revistas enquanto aguardam o trem não pesam no bolso, pois em países como o Brasil esse dinheiro também é gasto, só que com tratamentos de saúde.

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Governança da Nova Ti - A Revolução