Artboard 33Artboard 16Artboard 18Artboard 13Artboard 42Artboard 21Artboard 4Artboard 5Artboard 45Artboard 22Artboard 7Artboard 42Artboard 23Artboard 17?Artboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32Artboard 6Artboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11Artboard 41Artboard 11Artboard 23Artboard 10Artboard 4Artboard 9Artboard 6Artboard 8Artboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44Artboard 16Artboard 24Artboard 13Artboard 5Artboard 24Artboard 31Artboard 1Artboard 12Artboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44Artboard 9Artboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35Artboard 15Artboard 14Artboard 50Artboard 26Artboard 14Artboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37Artboard 46Artboard 33Artboard 8
e-book

Helena (Cód: 4078807)

Assis,Machado de

Editora Moderna (Edi??o Digital)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 17,50

em até 1x de R$ 17,50 sem juros

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


Helena

R$17,50

Descrição

A história de Helena, personagem principal do romance, é uma história de mistérios. Dada como filha bastarda do conselheiro Vale um rico mulherengo, a jovem e bela Helena é reconhecida por ele no testamento e, depois de sua morte, passa a viver na mansão da família, 'ganhando' um irmão, Estácio, um rapaz de 27 anos, e uma tia, dona Úrsula. Ao morrer, o conselheiro já era viúvo. E aí começam as especulações sobre a origem de Helena. Quem teria sido sua mãe? Como ela e o conselheiro teriam se conhecido? Como Estácio e a tia, irmã, do conselheiro, a receberiam em casa: como um membro da família ou como uma intrusa, que vinha pilhar uma parte da herança milionária? Estácio namora Eugênia, filha de Camargo, o médico da família e amigo íntimo do conselheiro. Camargo sabe a verdadeira história de Helena, e tem medo de que ela venha a desfazer o esperado casamento entre Estácio e Eugênia, impedindo assim a ascensão social da filha e, por tabela, a sua própria. Mas por que esse receio? Helena não é irmã de Estácio? Poderia haver entre eles algo mais que simples amizade e afeto fraternal? Ou estaria o autor sugerindo que um amor incestuoso poderia nascer entre a bela Helena e o jovem Estácio? Ao lançar essas possibilidades, o autor prende a atenção do leitor e o envolve nas peripécias da intriga, que só se esclarece completamente nas últimas páginas. Helena não é, de fato, filha do conselheiro Vale. Seus pais verdadeiros eram Ângela e Salvador. Eles eram do Rio Grande do Sul e tinham fugido para casar-se. No Rio de Janeiro, onde viviam com muitas dificuldades, Helena nasceu, e as privações aumentaram. Durante uma ausência de Salvador, que tinha ido ao Rio Grande do Sul por ocasião da morte do pai, Ângela conhece o conselheiro Vale, apaixona-se por ele e decide abandonar o marido. Para o conselheiro, ela que era viúva. Dessa forma, ela e a filha Helena vão morar numa casa montada pelo conselheiro, que trata a menina como filha. Salvador volta, passa a espreitar a vida da mulher e da filha, percebendo que agora elas têm uma vida muito melhor do que ele um dia poderia dar-lhes. Com muita dor no coração, suporta a separação. Mas um dia, seguindo as duas pela rua, consegue falar com Helena, que o reconhece. No entanto, ele a convence a ocultar a verdade e, assim, nasce o segredo que Helena tanto deseja ocultar da família do conselheiro. Depois da morte da mãe, ela passa a visitar o pai em sua casinha pobre, não muito longe, aliás, da mansão onde passara a viver, com Estácio e dona Úrsula. Alguém entretanto, descobrira a verdade: Camargo. E ele, sentindo que Estácio estava começando a se apaixonar por Helena, teme que a verdade seja revelada e que o rapaz rompa o namoro com Eugênia. Por isso, chantageia Helena, ameaçando denunciá-la como impostora, como uma aventureira inescrupulosa. Vendo-se nessa situação aflitiva, Helena decide aceitar o pedido de casamento que lhe faz Mendonça, um amigo de Estácio. Mas este reage energicamente, não dando seu consentimento para o casamento, deixando transparecer o amor que sentia por Helena. Desconfiado dos passeios a cavalo de Helena, Estácio acaba por descobrir a casa de Salvador e, junto com o padre Melchior, vai até lá. Salvador conta-lhes a verdadeira história de Helena. Quando ela fica sabendo que a verdade é conhecida de toda a família, sente-se terrivelmente mal. Será que eles a perdoariam de fato? Ou seria sempre vista como uma aventureira oportunista? E seu amor por Estácio não seria considerado apenas mais um golpe para subir na vida? No meio dessa agitação, fica sabendo que seu pai foi embora para não atrapalhar mais ainda sua vida. Angustiada com tudo isso, Helena cai doente e não se recupera, vindo a falecer, para desespero de Estácio. O caminho para Eugênia casar-se com Estácio agora está definitivamente livre.

Características

Peso 0.00 Kg
Produto sob encomenda Sim
Marca Editora Moderna (Edi??o Digital)
Idioma Português
Acabamento e-book
Territorialidade Brasil
Formato Livro Digital Epub
Gratuito Não
Proteção Drm Sim
Coleção / Série Coleção Travessias
Tamanho do Arquivo 2358
Início da Venda 16/07/2012
Cód. Barras 9788516076726
AutorAssis,Machado de