Frete Grátis
  • Google Plus

História da Leitura e Protestantismo Brasileiro (Cód: 3096745)

Leonel,João

Paulinas

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 25,00
Cartão Saraiva R$ 23,75 (-5%) em até 1x no cartão
Grátis

Cartão Saraiva

Descrição

Em muitas religiões, é o livro, considerado sagrado, que permite a continuidade das práticas religiosas e, em especial a manutenção da memória coletiva. Este livro analisa como a comunidade protestante brasileira pratica a leitura. Para tanto, relata a prática da leitura protestante, apresentando hipóteses a respeito das razões que conduzem a tal prática. Vários referenciais teóricos são utilizados, sendo o mais importante deles a história da leitura, abordagem multidisciplinar que envolve especialmente historiadores culturais, sociólogos e teóricos literários, e que enfoca a leitura como prática cultural. O primeiro capítulo apresenta a contribuição do filósofo e hermeneuta Paul Ricoeur e do historiador cultural Roger Chartier, para as discussões relacionadas aos conceitos, respectivamente, 'texto' e 'leitor'. O capítulo funciona como fundamentação teórica e introdução aos demais. O segundo capítulo descreve a introdução no Brasil do livro O peregrino, de John Bunyan, pelos primeiros missionários a se estabelecerem em solo pátrio, em meados do século XIX. Mostra como a obra se tornou uma espécie de manual para a compreensão da Bíblia. O terceiro capítulo discorre sobre a importância das citações das obras de John Foster, ensaísta inglês do século XIX, no diário do missionário norte-americano fundador da Igreja Presbiteriana do Brasil, Ashbel Green Simonton. O quarto capítulo parte do pressuposto de que a leitura da Bíblia é uma atividade central para a comunidade protestante. Analisa liturgias de cultos presbiterianos contemporâneos procurando identificar: a recorrência de determinados textos; em que situações litúrgicas são utilizados; e como a ênfase em algumas passagens bíblicas pode produzir uma visão particular de Deus, da sociedade e do próprio protestante como indivíduo. O último capítulo investiga anotações de leituras em relatórios de pastores com o objetivo de traçar o perfil desses leitores. Uma obra interessante e inovadora, sobre um tema oportuno, que abre espaço não só para discussões sobre livros e leitores, mas também sugere novas perspectivas para pesquisas sobre leitura.

Características

Produto sob encomenda Sim
Editora Paulinas
Cód. Barras 9788535626285
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788535626285
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2010
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 189
Peso 0.29 Kg
Largura 14.00 cm
AutorLeonel,João

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: História da Leitura e Protestantismo Brasileiro