Frete Grátis
  • Google Plus

História da Maconha No Brasil (Cód: 8758552)

França,Jean Marcel Carvalho

Três Estrelas

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 32,90
Cartão Saraiva R$ 31,26 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


História da Maconha No Brasil

R$32,90

Descrição

Esse livro traça os caminhos percorridos pela Cannabis sativa no país, desde que, por volta de 1770, o vice-rei ordenou que se cultivasse o cânhamo para a produção de cordas e velas navais.
O empreendimento não deu certo, mas, por todo o Brasil, prosperou o cultivo da planta para uso recreativo – aqui introduzido por marinheiros portugueses, conhecedores e consumidores do bangue da Índia, e por escravos africanos, herdeiros do gosto pelo haxixe dos povos da Península Arábica.
No começo do século xx, ações severas de criminalização do canabismo ganharam corpo no Brasil. Gradativamente, porém, o outrora denominado “ópio do pobre” começou a se espalhar pelas classes sociais mais abastadas e acabou se transformando em instrumento de contestação social.
Para o autor, a sociedade vem deixando de considerar o canabismo um vício maldito para passar a encará-lo como um hábito privado e socialmente aceitável e a enxergar na Cannabis uma planta repleta de potencialidades econômicas.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Três Estrelas
Cód. Barras 9788568493069
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788568493069
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2015
Idioma Português
Número de Páginas 152
Peso 0.20 Kg
Largura 14.00 cm
AutorFrança,Jean Marcel Carvalho

Avaliações

Avaliação geral: 5

Você está revisando: História da Maconha No Brasil

falante de beises recomendou este produto.
05/12/2016

sim fala sebre bek

fala sobre bk
Esse comentário foi útil para você? Sim (0) / Não (0)