Frete Grátis
  • Google Plus

Indignidade e Deserdação (Cód: 8757797)

Torrano,Luiz Antonio Alves

Servanda

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 86,00 R$ 75,70 (-12%) em até 2x de R$ 37,85 sem juros
Cartão Saraiva R$ 71,92 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 3x de R$ 25,23 sem juros
Grátis

Cartão Saraiva
Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto
?

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 18:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

Formas de envio Custo Entrega estimada
X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

Com o presente trabalho, apresentado à Universidade Católica de São Paulo como requisito parcial para a obtenção do título de doutor em Direito Civil, pretende-se obter uma nova visão dos institutos da indignidade e da deserdação. Indubitavelmente, a meta optata deles é o afastamento do herdeiro ou do legatário que, contra o autor da herança, seu cônjuge ou companheiro, seu descendente ou seu ascendente, pratica ato expressamente na legislação para tanto previsto.
Esse afastamento, por sua vez, deriva do fato de que é intuitivo que o herdeiro e o legatário devam ter pelo hereditando amor, carinho, desvelo, gratidão. E, caso aquele ou este perpetre conduta que demonstre ausência de tais sentimentos, presente estará a causa subjacente necessária para a sua exclusão do processo sucessório daquele contra quem praticou a ofensa.
Por outro lado, é inegável que o comportamento social em muito evoluiu nos últimos anos, o que impõe uma atualização na leitura das disposições legais e doutrinárias que disciplinam os institutos em estudo.
Não se pode, pois, deixar de ver ausentes do rol legal dos eventuais excluídos por indignidade ou deserdação, v.g., o cônjuge ou companheiro homoafetivo que, gravemente, injuriou o se consorte ou convivente e aquele descendente que, com a companheira de seu ascendente, manteve relações ilícitas.
Embora assim o seja, a omissão de legislação acerca dessas hipóteses de exclusão, dentre outras, das quais oportunamente se falará neste trabalho, impõe, entretanto, para o seu reconhecimento, cautela e sólida argumentação a fim de que, prestigiadas, elas se firmem como válidas no ordenamento jurídico.
Daí é que, dentre outras justificativas que possam afiançar a importância da nova visão de que se falou, há de se ter que, apenas com os motivos antes expostos, derivados das novéis entidades familiares criadas pela sociedade, i.e., do casamento e união estável homoafetivos e da união estável heteroafetiva, aqueles reconhecidos pela jurisprudência1 e esta, antes por legislação extravagante e agora pelo vigente Código Civil,2 já se deve ter por pertinente um atual e sistemático re-estudo dos institutos da indignidade e da deserdação.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Servanda
Cód. Barras 9788578900892
Altura 23.00 cm
I.S.B.N. 9788578900892
Profundidade 2.00 cm
Acabamento Capa dura
Número da edição 1
Ano da edição 2015
Idioma Português
Número de Páginas 290
Peso 0.65 Kg
Largura 16.00 cm
AutorTorrano,Luiz Antonio Alves

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Indignidade e Deserdação

Indignidade e Deserdação (Cód: 8757797) Indignidade e Deserdação (Cód: 8757797)
R$ 75,70
Indignidade e Deserdação (Cód: 8757797) Indignidade e Deserdação (Cód: 8757797)
R$ 75,70