Frete Grátis
  • Google Plus

Irmão Lobo - Série Crônicas das Trevas Antigas (Cód: 1799552)

Paver, Michelle

Rocco

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 32,00
Cartão Saraiva R$ 30,40 (-5%) em até 1x no cartão
Grátis

Cartão Saraiva
Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto
?

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 18:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

Formas de envio Custo Entrega estimada
X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

'Irmão lobo', primeiro volume da série Crônicas das Trevas Antigas, de Michelle Paver, já vendeu 450 mil exemplares apenas na Inglaterra e manteve-se por oito semanas nas mais importantes listas dos mais vendidos do país. Traduzido para 35 idiomas e com direitos de adaptação para o cinema adquiridos por Ridley Scott, Irmão lobo é uma viagem de volta à Idade da Pedra, onde o jovem Torak conta apenas com a ajuda de um filhote órfão de lobo e com sua habilidade como caçador para sobreviver aos perigos da floresta e derrotar um poderoso inimigo. Um livro sobre amizade, sobrevivência e coragem, que conquistou fãs de grandes aventuras em todo o mundo.

A saga criada por Michelle Paver começa há seis mil anos, quando os homens ainda eram nômades, viviam em clãs e retiravam da natureza apenas o necessário para a subsistência. A pré-história fascina a autora desde a infância. 'Quando eu era pequena, meus pais tinham um livro sobre a Idade da Pedra que eu adorava. Antes mesmo de saber ler, eu costumava colocá-lo sobre a minha barriga e ficava olhando as figuras de caçadores abatendo ursos e perseguindo cavalos pelos penhascos. Quando tinha dez anos, descobri o que mais queria: um arco e flecha para viver como as pessoas daquele período, tendo um lobo como amigo', comenta a autora, em artigo para o jornal The Guardian. Anos de pesquisa e uma sólida carreira literária depois, o sonho de criança ganhou forma e serviu de idéia original para a série Crônicas das Trevas Antigas.

Além da paixão pela pré-história, Michelle Paver também se inspirou nas viagens que fez a países distantes como Noruega, Lapônia e Islândia, e especialmente na experiência que viveu ao encontrar-se frente a frente com um enorme urso, num vale remoto do Sul da Califórnia. 'Esta foi a experiência mais aterrorizante que já tive. No entanto, curiosamente, também senti como se tivesse voltado no tempo, como se fosse uma caçadora da Idade da Pedra, tentando persuadir o animal a me deixar viver', afirma ela.

O resultado das pesquisas e impressões de viagens de Michelle Paver dá forma a Irmão Lobo, um livro fascinante, que recria a vida em clãs pré-históricos e a luta diária dos homens pela sobrevivência. O título faz também uma homenagem à força da natureza, fonte de vida e de morte, de magia e de terror. A dupla de protagonistas criada pela autora demonstra o respeito mútuo entre os homens e os animais naquela época.

No primeiro volume deste épico juvenil, Torak é um jovem órfão de apenas 12 anos, que vive sozinho na floresta, numa época em que espíritos habitavam cada elemento da natureza. Seu pai acaba de deixá-lo, assassinado pelo temido Urso, cujo espírito estava possuído por demônios do Outro Mundo. Sozinho e longe do seu clã de origem, o Clã do Lobo, Torak só sabe o que seu Pa teve tempo de lhe ensinar. Muito pouco para a missão que teria que cumprir: encontrar a Montanha do Espírito do Mundo e destruir o Urso que ameaçava a vida na floresta, espalhando sangue entre os clãs e acabando com as presas.

Torak sabia que um guia iria encontrá-lo, mas jamais imaginou que fosse um jovem lobo, órfão como ele. Mesmo relutante em aceitar o fato de ser seguido pelo filhote e conseguir se comunicar com ele, o jovem caçador entendeu que o animal era o seu guia e que, juntos, enfrentariam os obstáculos do percurso.

As descrições precisas da autora despertam a curiosidade sobre essa época tão distante, mas essencial no desenvolvimento da humanidade. Embora falando de grandes perigos e desafios ancestrais, a linguagem de Michelle é mansa, como a de alguém que escolhe cuidadosamente um conto épico para acalentar mentes cheias de imaginação e sedentas por aventuras. Para cativar ainda mais seus leitores, ela também dá voz a Lobo, que, a seu jeito, narra alguns trechos do livro. Irmão lobo fala sobre lealdade, amizade e coragem. Mas é igualmente uma história sobre honra e respeito que envolve o leitor desde a primeira página e deixa saudade na última.

Os personagens principais
Torak ou Alto Sem-rabo: jovem caçador com doze verões de idade. É o Ouvinte de que fala a antiga profecia. Filho do mago do Clã do Lobo com uma membro do Clã do Veado Vermelho.
Lobo: guia de Torak na jornada até a Montanha do Espírito do Mundo. Ainda é um filhote.
Renn ou Fêmea Sem-Rabo: sobrinha do líder do Clã do Corvo. Aprendiz de maga, tem informações sobre a profecia e ajuda Torak e Lobo.
Pa: pai de Torak. Mago Lobo e alvo do Urso.
Fin-Kedinn: Corvo Líder. No passado, fora amigo de Pa.
Hord: irmão mais velho de Renn. Ambicioso, quer suceder seu tio na liderança do clã. Ajudou a invocar o Urso e tenta a todo custo superar Torak acreditando que possa ser o Ouvinte, aquele que pode salvar a floresta, de acordo com uma antiga profecia.
Caminhante: antigo membro do Clã da Lontra. Fora expulso por motivo de doença que acreditaram ser um mau presságio. Ajuda Torak, Renn e Lobo a encontrar uma parte do Nanuak, o objeto que contém partes de cada coisa viva da floresta.


A Idade da Pedra
A história de Torak, Renn e Lobo se passa há seis mil anos, na Idade da Pedra, logo após a idade do Gelo e a era dos Dinossauros, mas antes do cultivo da terra e do surgimento da agricultura. Naquele tempo, os homens organizavam-se em pequenos grupos, chamados clãs, com hierarquia e leis próprias. Eram nômades e tiravam do local em que estavam acampados tudo que era necessário para a sobrevivência, desde a carne para a alimentação, até ossos para a fabricação de armas e o couro, utilizado para vestimentas e abrigos.

Para dar veracidade a seus protagonistas, Michelle Paver visitou regiões do norte da Europa que ainda conservam algumas características daqueles tempos. A escritora chegou a acampar numa floresta para aprender como se alimentar apenas com recursos encontrados na natureza. Ela pesquisou sobre a utilização de partes de animais abatidos na produção de armas e mantimentos, além de experimentar as sensações que a floresta proporciona - os cheiros, os sons, o amanhecer, o frio e o calor. Ela também passou muito tempo em bibliotecas e estudou, por exemplo, os habitantes do nordeste da Escandinávia no período Mesolítico a fim de conhecer mais sobre seus hábitos.
Mesmo quando um animal era abatido, o caçador agradecia a seu espírito e a caça só era praticada para a subsistência. A Natureza e seus espíritos estavam acima de todas as crenças, já que dela vinha tudo o que era necessário para a vida em harmonia na Floresta de Torak. As superstições dos homens sobre as forças e o poder da Floresta ajudam a construir o clima sombrio, porém maravilhoso, das Crônicas das Trevas Antigas.


A Floresta
A floresta que Michelle Paver criou para encenar as aventuras de Torak tinha como fronteiras o Mar a oeste, os Brejos ao sul e as Montanhas Altas a leste. O norte era distante demais e inexplorado. Antes do Urso, a floresta era rica em presas para o verão e o inverno, como coelhos, veados e salmões. Os clãs dos homens viviam no norte, nas regiões próximas aos rios. Eles eram muitos e estavam sempre protegidos pelo espírito do animal que os identificava. Clãs da Víbora, da Sorveira-brava e do Salgueiro acampavam ao sul; Clãs do Salmão, da Baleia, da Águia-Marinha e da Foca, a leste e perto do Mar; Clãs do Corvo, do Javali da Lontra e errantes como o do Lobo, na região central da Floresta. Na Floresta Profunda viviam os Clãs do Auroque, do Lince, do Cavalo da Floresta, do Veado Vermelho e do Morcego. Nas Montanhas Altas estavam os Clãs do Cisne e da Lebre da Montanha. E ao norte, os Clãs da Ptármiga, da Raposa Branca, do Narval, e da Morsa.

Características

Produto sob encomenda Sim
Editora Rocco
Cód. Barras 9788532519450
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788532519450
Profundidade 1.30 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2007
Idioma Português
País de Origem Brasil
Idade recomendada Juvenil
Número de Páginas 248
Peso 0.30 Kg
Largura 14.00 cm
AutorPaver, Michelle

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Irmão Lobo - Série Crônicas das Trevas Antigas

Irmão Lobo - Série Crônicas das Trevas Antigas (Cód: 1799552) Irmão Lobo - Série Crônicas das Trevas Antigas (Cód: 1799552)
R$ 32,00
Irmão Lobo - Série Crônicas das Trevas Antigas (Cód: 1799552) Irmão Lobo - Série Crônicas das Trevas Antigas (Cód: 1799552)
R$ 32,00