Artboard 33Artboard 16Artboard 18Artboard 13Artboard 42Artboard 21Artboard 4Artboard 5Artboard 45Artboard 22Artboard 7Artboard 42Artboard 23Artboard 17?Artboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32Artboard 6Artboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11Artboard 41Artboard 11Artboard 23Artboard 10Artboard 4Artboard 9Artboard 6Artboard 8Artboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44Artboard 16Artboard 24Artboard 13Artboard 5Artboard 24Artboard 31Artboard 1Artboard 12Artboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44Artboard 9Artboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35Artboard 15Artboard 14Artboard 50Artboard 26Artboard 14Artboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37Artboard 46Artboard 33Artboard 8
e-book

Libertos do Cativeiro Espiritual (Cód: 7033249)

Jair Miguel Arcanjo

Livrus (Edi??o Digital)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 19,90

em até 1x de R$ 19,90 sem juros

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


Libertos do Cativeiro Espiritual

R$19,90

Descrição

Odiabo, para filosofia ocidental, e muito menos os demônios,
não existe. Para a maioria dos pensadores ocidentais,
uma pessoa que acredita em demônio é intelectualmente
suspeita. É bem mais fácil creditar em sua inexistência,
ou vê-lo como mito, ou como o diabo vermelho e de chifre
das histórias em quadrinhos, do que afirmar que existe realmente
e com personalidade definida.
Acredito que a maior esperteza de Satanás consiste em nos convencer
de que ele não existe. Pela grande maioria das pessoas, ele é
esquecido. E, quanto mais o negamos, mais realidade estamos lhe
conferindo. O demônio é afirmado em nossa negação.
Também há o perigo de encarar o demônio com descaso. Porque,
ao assim fazer, o ser humano está encarando com descaso o
próprio Mal. No entanto, se o levarmos demasiadamente a sério,
o colocamos como bode expiatório e desculpa para todos os males
que existem e também como a explicação para o fracasso. Creio
que eles devem ser tratados e vistos como asseclas de Satanás e
símbolos do Mal, mas não devemos temê-los.

Características

Peso 0.00 Kg
Produto sob encomenda Sim
Marca Livrus (Edi??o Digital)
Número de Páginas 96 (aproximado)
Idioma Português
Acabamento e-book
Territorialidade Internacional
Formato Livro Digital Pdf
Gratuito Não
Proteção Drm Sim
Tamanho do Arquivo 3284
Início da Venda 20/02/2014
VOLUME 1
Cód. Barras 9788583600022
Número da edição 1
Ano da edição 2014
Ano da Publicação 2014
Mês da Publicação FEVEREIRO
AutorJair Miguel Arcanjo