Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
e-book

Maquiavel pré-sociólogo e outros ensaios (Cód: 7989711)

Paco Editorial (Edição Digital)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 21,00
Cartão Saraiva R$ 21,00

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Maquiavel pré-sociólogo e outros ensaios

R$21,00

Descrição

Este livro explica que Maquiavel, ao contrário do que ainda se lê pelo Brasil, não foi maquiavélico, não foi um 'professor do mal', mas um 'pensador do mal', nunca escreveu que fins justificam meios, nunca defendeu a manutenção do poder a qualquer custo. É um autor complexo e, como autores complexos, vítima de simplificações redutivas e de algumas traduções levianas de sua obra em língua portuguesa. Maquiavel, sobretudo em O Príncipe, é um pensador preocupado com a 'verdade efetiva da coisa', e não com 'a imaginação que se tem sobre ela'. Maquiavel manifesta em O Príncipe uma preocupação metodológica, descritiva das coisas sociais. Busca a compreensão do que Émile Durkheim chamará de fato social. Para Bento, Maquiavel é o pesquisador do fato político, coisa política, que separa a idealidade da realidade da coisa política. Neste ponto, ele identifica intenções metodológicas semelhantes entre Maquiavel e Durkheim, em seu livro As Regras do Método Sociológico (1895). Maquiavel preocupa-se com a construção da ordem política de uma Itália ainda não unificada. Para ele, um príncipe deve construir e manter a ordem política, mas não afirma que isso deva ser a qualquer custo. Identifica a complexidade de tal tarefa que se realiza no caldeirão dos valores morais tradicionais. Este, porém, não é um livro somente sobre Maquiavel, mas sobre o método específico que se identifica com a própria sociologia no estudo da sociedade moderna. Um livro que destaca a centralidade e complexidade dos fatos sociais e as conexões que os fatos criam entre si (conexões fáticas). Um livro com reflexões sobre fatos em forma de conflitos sociais (Karl Marx), anomia (Émile Durkheim), racionalização (Max Weber).

Características

Peso 0.00 Kg
Produto sob encomenda Sim
Marca Paco Editorial (Edição Digital)
Número de Páginas 148 (aproximado)
Idioma 333
Acabamento e-book
Territorialidade Brasil
Formato Livro Digital Epub
Gratuito Não
Proteção Drm Sim
Tamanho do Arquivo 403196
Início da Venda 04/08/2014
Código do Formato Epub
Cód. Barras 9788581482033
Ano da edição 2014
Ano da Publicação 114