Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
Frete Grátis
  • Google Plus
Livro Digital

Melhores Contos J. J. Veiga (Cód: 4593107)

J.J. Veiga; J. Aderaldo Castelo

Global Editora (Edição Digital)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 20,30
Cartão Saraiva R$ 20,30

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Melhores Contos J. J. Veiga

R$20,30

Descrição

José J. Veiga foi um cidadão do mundo da fantasia plena, aquela região misteriosa onde os sonhos se intrometem na realidade e fenômenos estranhos sacodem os alicerces da razão e zombam da lógica.
A sua obra de ficcionista está povoada por fantasmas bonachões, nada fantasmagóricos (no sentido usual do termo), mais capazes de encantar do que assustar, objetos que se humanizam, mas também de casos de horror, mistério, sobrenatural, estranhos, por vezes terríveis, quase sempre com um sentido de alegoria. Ou de parábola kafkiana, como no conto “A Máquina Extraviada”, uma assustadora reflexão sobre a falta de sentido da vida humana.
Parábola, apólogo ou alegoria, surrealismo ou realismo mágico, a ficção de José J. Veiga é mais libertação do que evasão, libertação dos estreitos limites da realidade física, das impossibilidades materiais, abertura ao onírico, à janela para o caos, aos apelos do desconhecido, mas sempre contida pelo senso crítico, a preocupação de não resvalar no extravagante pelo extravagante. Sob a nudez forte da fantasia, o escritor estende o manto diáfano da inquietação com os destinos e limites do ser humano e do simbolismo social.
A Hora dos Ruminantes foi até interpretada como apólogo político, inspirado no movimento militar de 1964, o que o transformaria em autor engajado. Veiga negou com veemência, afirmando ter escrito a obra antes do fato. O que não a impediu de se ajustar à situação como uma luva.
Mas nem tudo são símbolos ou apólogos. Há também contos extraídos da banal realidade do cotidiano, nos quais Veiga demonstra grande delicadeza em identificar problemas sociais (como em “Cachimbo”) ou recriar, com uma leveza e poesia que lembra Katherine Mansfield, um simples diálogo de crianças (“Diálogo da Relativa Grandeza”). O escritor sabia se movimentar em muitos terrenos.

Características

Produto sob encomenda Sim
Marca Global Editora (Edição Digital)
Cód. Barras 9788526017849
Início da Venda 14/01/2013
Territorialidade Brasil
Formato Livro Digital Epub
Proteção Drm Sim
Idioma Português
VOLUME 1
Peso 0.00 Kg
AutorJ.J. Veiga; J. Aderaldo Castelo

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Melhores Contos J. J. Veiga