Frete Grátis
  • Google Plus

Modernidade Periférica - Buenos Aires - 1920 a 1930 - Col. Prosa do Observatório (Cód: 3079339)

Sarlo,Beatriz

Cosac Naify

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 59,00 R$ 29,50 (-50%)
Cartão Saraiva R$ 28,03 (-5%) em até 1x no cartão
Grátis

Cartão Saraiva

Descrição

A modernização de Buenos Aires nas décadas de 1920 e 1930 e suas influências sobre a produção artística naqueles anos de velocidade sem precedentes na história são o foco de Modernidade periférica, da argentina Beatriz Sarlo. Título da coleção Prosa do Observatório, coordenada pelo crítico Davi Arrigucci Jr., traz prólogo de Sergio Miceli, posfácio de Júlio Pimentel Pinto, também responsável pela tradução, texto de quarta capa de Roberto Schwarz e índice remissivo. O ensaio aborda temáticas como a mescla entre rural e urbano, a perspectiva feminina, o erotismo, transgressão e revolução como impulsionadores da criação, identificando os meios de divulgação dos textos e a formação de grupos de escritores como Güiraldes, Arlt, Borges, González Tuñon, Victoria Ocampo, Girondo, Martínez Estrada. Publicado originalmente em 1988 e inédito no Brasil, o livro interpreta de maneira nova as relações dos escritores com a metrópole moderna na periferia e o que está às margens desse embate num diálogo teórico com Carl E. Schorske, Marshall Berman e Walter Benjamin.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Cosac Naify
Cód. Barras 9788575039250
Altura 19.00 cm
I.S.B.N. 9788575039250
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Tradutor Júlio Pimentel Pinto
Número da edição 1
Ano da edição 2010
Idioma Português
Número de Páginas 480
Peso 0.44 Kg
Largura 13.00 cm
AutorSarlo,Beatriz

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Modernidade Periférica - Buenos Aires - 1920 a 1930 - Col. Prosa do Observatório