Frete Grátis
  • Google Plus

Netinho - Minha História ao Lado das Baquetas (Cód: 2637537)

Pilagallo,Oscar

Minuano Comunicações e Produçoes Editorias Lt

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 39,90
Cartão Saraiva R$ 37,91 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Netinho - Minha História ao Lado das Baquetas

R$39,90

Descrição

A história de Netinho se confunde com a da música pop brasileira. Netinho já dominava as baquetas e agitava os palcos quando a Jovem Guarda não era nem um projeto. The Clevers é de 1961 - e lá se vão quase cinco décadas! - uma banda que ficaria mais conhecida com o nome de Os Incríveis, adotado em 1964.
Netinho foi um dos grandes protagonistas dessa fase embrionária do rock nacional - e hoje, com o lançamento do livro Netinho: Minha história ao lado das baquetas, tornou-se também seu narrador.
As memórias de Netinho nos remetem aos anos 50, quando o músico teve o primeiro contato com o ritmo ao badalar o sino de ferro de uma igreja, como se tivesse nas mãos baquetas de ferro. Eram os tempos de Itariri, no litoral de São Paulo, e ele não deixa escapar a associação premonitória contida no nome: na língua dos índios, 'Ita' é pedra e 'riri', que rola. 'Sou um Rolling Stone!', diz Netinho.
É mais que uma pedra rolante: é também punk e progressivo, como nos mostrou nos tempos do Joelho de Porco e da Casa das Máquinas, bandas até hoje impregnadas na memória afetiva dos que curtem a música pop brasileira.
Baquetas são o centro, mas não são tudo no livro. Há muitas histórias. Como a do faladíssimo namoro com Rita Pavone, nos anos 60, quando a cantora italiana era a maior ídolo da música para juventude. Ou a da canja que deu em Londres nos anos 70 com Phill Collins, da banda Genesis. Ou do concerto para o rei Olavo, da Noruega, quando tocou com uma perna e o nariz quebrados após um acidente com o primeiro carrão que acabara de comprar.
História é o que não falta no livro. Como não falta também reflexão. A reflexão de quem soube dar a volta por cima, não uma, nem duas vezes. Quem vê Netinho tocar hoje, a energia sobrando, não imagina que ele tenha tido tempo para viver tantas histórias. Mas elas estão lá, prontas para serem conferidas - um banquete para além das baquetas.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Minuano Comunicações e Produçoes Editorias Lt
Cód. Barras 9788599644300
Altura 0.00 cm
I.S.B.N. 9788599644300
Profundidade 0.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2009
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 194
Peso 0.44 Kg
Largura 0.00 cm
AutorPilagallo,Oscar

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Netinho - Minha História ao Lado das Baquetas