Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
Frete Grátis
  • Google Plus
Livro Digital

Nos Confins Do Círculo (Cód: 8343112)

Juliano Ramos De Oliveira

Clube de Autores (Edição Digital)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

Grátis

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Nos Confins Do Círculo

R$0,00

Descrição

'(...) Agora o que um autor pode dizer do próprio trabalho? É confuso, é um carretel de fio sem ponta. Não há onde iniciar uma crítica, um comentário. Sei agora a importância de um crítico e do dizer: “Quem vê de fora vê melhor”. Quanto estudante, sou crítico. Mas quanto autor? Se me perguntam qual o tema ou assunto, respondo não sei. Não sei olhar o horizonte fixando-me num ponto só. O meu texto é um todo, pelo menos para mim que sou autor. (...) Achei tratar-se de um elo que não pode ser rompido. Como num circulo. O destino tropeça nas próprias pernas, mas segue seu caminho certeiro como num circulo. Ou este elo precisa na verdade ser restaurado? Acho que falhei. Dar-lhe tema ou assunto não é uma boa idéia. É demais de restrito. Tentei nova tática. (...) Comecei: Trata-se de um romance. Um sobrenatural triângulo amoroso, o de praxe... Não! Não é um bom começo! Chega ser depreciativo. Nova tentativa: Num ambiente pagão, bem aos moldes do “locus amaenus” da Arcádia, Dália desaparece após um encontro com um misterioso jovem que cheira a cedro. Rosa, irmã mais nova de Dália algum tempo mais tarde também se encontra em um devaneio com este mesmo rapaz... Desisti mais uma vez. Seria esfaquear o todo, desperdiçar o encanto. (...) Voltei-me novamente ao ditado do “ver de fora” recorri à opinião alheia e (...) extrai alguns adjetivos (...)Disse então um mestre. Um educador, “é mítico”, veio outro e detalhou: “onírico” o mestre artista exclamou: “cromático!” e por último: “parabólico ”analisou o mestre místico. Quatro palavras que me satisfazem. Quatro visões que me complementam, pois complementam o todo. Nos confins do círculo é o mítico, o onírico, o cromático e o parabólico. Vamos então ao todo!' O autor

Características

Produto sob encomenda Sim
Marca Clube de Autores (Edição Digital)
Cód. Barras 9999083431126
Início da Venda 27/11/2014
Territorialidade Internacional
Formato Livro Digital Pdf
Gratuito Sim
Tamanho do Arquivo 371
Proteção Drm Sim
Número da edição 1
Ano da edição 2015
Idioma Português
Ano da Publicação 2015
Mês da Publicação DEZEMBRO
VOLUME 1
Peso 0.00 Kg
AutorJuliano Ramos De Oliveira

Avaliações

Avaliação geral: 5

Você está revisando: Nos Confins Do Círculo

Juliano de Oliveira Ramos recomendou este produto.
03/10/2015

Fantástico

Reúne o cromático, o onírico, o mítico e o parabólico. Uma alegoria feita em história dos preceitos wiccanos.
Esse comentário foi útil para você? Sim (0) / Não (0)