Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
  • Google Plus

O Amor Nos Tempos do Capitalismo (Cód: 3650050)

Illouz, Eva

Zahar

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 64,90 em até 2x de R$ 32,45 sem juros
Cartão Saraiva R$ 61,66 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 3x de R$ 21,63 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 2x sem juros de R$ 0,00


O Amor Nos Tempos do Capitalismo

R$64,90

Descrição

Ao longo do século XX, a esfera econômica e a afetiva, aparentemente contraditórias, passaram a se mesclar de forma inseparável. Por influência da psicanálise e do feminismo, criou-se no trabalho, na família e no modo como lidamos com nós mesmos, uma cultura de intensa valorização das emoções. Por outro lado, os modelos econômicos passaram a influenciar a forma como os homens se relacionam. Enquanto as transações econômicas tornaram-se mais afetivas, os relacionamentos íntimos passaram a ser definidos em boa parte por modelos econômicos e políticos de negociação, troca e igualdade. A isso a socióloga Eva Illouz chama capitalismo afetivo, conceito que discute ao longo desse livro de ensaios.
Para provar sua tese, ela vasculha literatura de autoajuda, revistas femininas, programas de entrevista e sites de relacionamento, onde os sentimentos são cada vez mais inspecionados, discutidos, negociados, quantificados e mercantilizados. Já nas empresas e negócios, descobriu-se que a atenção aos funcionários como indivíduos tende a ser um bom investimento. Illouz cerca o tema em diferentes pontos, analisa causas e consequências, e oferece uma nova interpretação das razões pelas quais o mundo público e o privado, o econômico e o afetivo vieram a se entrelaçar.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Zahar
Cód. Barras 9788537807101
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788537807101
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2011
Idioma Português
Número de Páginas 184
Peso 0.23 Kg
Largura 14.00 cm
AutorIllouz, Eva

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: O Amor Nos Tempos do Capitalismo