Frete Grátis
  • Google Plus
Livro Digital

O efeito suspensivo no recurso especial (Cód: 9202855)

Stephanie Veridiane Schmitt

publique-se!

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 19,90
Cartão Saraiva R$ 18,91 (-5%) em até 1x no cartão
Grátis

Cartão Saraiva

Descrição

O objetivo dos recursos especial e extraordinário não é proporcionar a revisão da justiça da decisão, que é, na realidade, o papel da instância ordinária no sistema jurídico brasileiro. Na verdade, os recursos extraordinários latu sensu1 são instrumentos eficazes na uniformização da jurisprudência em toda a federação. Em outras palavras, são meios impugnativos que pretendem proteger o direito objetivo: o direito constitucional por meio do recurso extraordinário e o infraconstitucional por meio do recurso especial. Além disso, após o julgamento colegiado, por mais que ainda não haja o trânsito em julgado, a decisão adquire certo grau de estabilidade, o que também justifica a ausência de efeito suspensivo nos recursos dirigidos aos tribunais superiores.
Entretanto, não é incomum, ainda mais quando se trata de uma federação de tamanho continental como a brasileira, haver decisões que aplicam o direito de modo divergente nos diferentes estados ou decisões que, por qualquer outra razão, são ilegais. Diante dessas situações, por mais que a decisão proferida em segundo grau tenha adquirido certo nível de estabilidade, os recursos extraordinários latu sensu, têm grandes chances de êxito. De todo modo, como a parte poderia recorrer desse provimento jurisdicional somente por recurso especial ou extraordinário, a depender da matéria e demais condições de cabimento, ela, perante uma situação de perigo iminente, iria correr o risco de sofrer prejuízos irreparáveis ou de difícil reparação em decorrência da ausência de efeito suspensivo no recurso. Tais prejuízos possivelmente fariam com que a futura decisão de provimento do recurso especial (que desde sua interposição tinha alta probabilidade de êxito) fosse, ao final do processo, inútil ao recorrente.

A fim de evitar essa suposta situação paradoxal – por um lado, há uma decisão de provimento de um recurso, por outro, a decisão se tornou inútil à parte vencedora – utiliza-se a integração dos sistemas processuais recursal e cautelar com a finalidade de emprestar efeito suspensivo ao recurso especial. Desse modo, a medida cautelar de concessão de efeito suspensivo é considerada o mecanismo mais viável à suspensão da eficácia da decisão recorrida e, consequentemente, à proteção da parte recorrente, ameaçada de sofrer prejuízos irreparáveis ou de difícil reparação, enquanto ela aguarda o julgamento do recurso extraordinário latu sensu.
Em vista disso, o objetivo do presente trabalho é demonstrar que a medida cautelar é o meio mais eficaz de resguardar o resultado últil do recurso especial por meio da concessão de efeito suspensivo ao recurso, nos casos em que o recorrente se encontra sob a ameaça de um dano irreparável ou de difícil reparação.

Características

Produto sob encomenda Sim
Marca publique-se!
Cód. Barras 9788567996516
Territorialidade Internacional
Proteção Drm Sim
Ano da edição 2015
Idioma 333
Código do Formato Epub
Ano da Publicação 115
Peso 0.00 Kg
AutorStephanie Veridiane Schmitt

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: O efeito suspensivo no recurso especial

O efeito suspensivo no recurso especial (Cód: 9202855) O efeito suspensivo no recurso especial (Cód: 9202855)
R$ 19,90
O efeito suspensivo no recurso especial (Cód: 9202855) O efeito suspensivo no recurso especial (Cód: 9202855)
R$ 19,90