Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
e-book

O negro brasileiro e o cinema (Cód: 9213144)

Carlos Rodrigues, João; Jo?o Carlos Rodrigues

Pallas (Livros Digitais)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 30,90

em até 1x de R$ 30,90 sem juros

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Origem

R$ 49,90

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


O negro brasileiro e o cinema

R$30,90

Descrição

O negro brasileiro e o cinema retrata a posição do negro na produção nacional cinematográfica nacional - sua atuação na frente e por trás das câmeras. O livro registra uma triste realidade: o papel do negro está sempre ligado às suas raízes de escravo. Escravo do segundo plano, ao receber quase sempre papéis secundários, com pouca relevância e destaque, ou condenado a representar arquétipos caricaturais: preto velho, negro de alma branca, nobre selvagem, malandro, favelado, crioulo doido, mulata boazuda, entre outros; escravo de uma condição social que dificulta o acesso ao estudo e à cultura e afunila suas chances de atuar na direção/produção nacional de filmes; escravo de sua cor de pele que é usada contra ele próprio, como sinônimo de inferioridade e de submissão; escravo de uma posição tímida da própria comunidade que ainda não tem consciência da importância de unir forças para exigir uma mudança no tratamento da sua imagem pela mídia e pelo cinema brasileiro. É uma obra que, sem dúvida, faz pensar e refletir sobre que tipo de projeção esperamos ver retratados e qual a reflexão que queremos suscitar com essa exibição.

Características

Peso 0.00 Kg
Produto sob encomenda Sim
Marca Pallas (Livros Digitais)
Número de Páginas 197 (aproximado)
Idioma 333
Acabamento e-book
Territorialidade Internacional
Formato Livro Digital Epub
Gratuito Não
Proteção Drm Sim
Início da Venda 30/09/2015
Código do Formato Epub
Cód. Barras 9788534705714
Ano da Publicação 115
AutorCarlos Rodrigues, João; Jo?o Carlos Rodrigues